Fechar
Publicidade

Domingo, 15 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Anhembi está quase pronto para Indy


Nilton Valentim
Do Diário do Grande ABC

08/03/2010 | 07:00


Uma semana antes dos carros largarem para a prova que abre a temporada 2010 da Fórmula Indy, o circuito de rua do Anhembi é um grande canteiro de obras. Operários trabalham por todos os setores e correm contra o tempo para deixar tudo em ordem para os treinos de sábado e a corrida de domingo.

Apesar do pouco tempo, organizadores, autoridades e pilotos demonstram tranqüilidade com o andamento das coisas e todos apostam que tudo estará pronto a tempo. "Vou falar como engenheiro. Tenho certeza que na quinta-feira quando faremos nova visita, tudo estará pronto. Faltam apenas alguns detalhes, que no máximo em três dias estarão concluidos", afirmou o prefeito Gilberto Kassab, que ontem vistoriou o local.

Dois pilotos estiveram ontem no circuito e ambos destacaram a rapidez com que as obras foram executadas. "Em nenhum lugar do mundo se consegue montar o circuito tão rapidamente", afirmou Bia Figueiredo. Mário Romancini, outro brasileiro que disputará a prova paulistana, complementou. "A velocidade com que tudo foi feito por aqui anima a nós, os pilotos, a desempenharmos o nosso papel com empenho ainda maior."

Empolgado com o que viu após percorrer parte da pista, o prefeito já faz planos para que a prova entre definitivamente no calendário de eventos da cidade. "O contrato inicial é de cinco anos. Mas, como tudo que se faz em São Paulo, tenho certeza que vamos renovar por mais cinco, depois mais cinco... E assim por diante", declarou otimista.

Por ser a primeira vez que a prova será realizada nas ruas da Capital , Kassab não descartou a possibilidade de ocorrência de problemas, mas ele aposta que serão contornados. "Vamos nos adequando ano após ano. Mas tenho certeza que não há na Indy uma prova com tantas segurança como esta", exagerou.

A pista de 4.180 metros está pronta. O piso de concreto do Sambódromo, originalmente pintado de branco, foi raspado. Todo o circuito já está cercado de barras de ferro, faltando apenas a colocação do alambrado em alguns pontos e a pintura do ‘S' do Samba. Os operários trabalham na montagem dos boxes e arquibancadas.

Durante a semana, os inspetores de segurança da FIA (Federação Internacional de Automobilismo) vão fazer a última vistoria antes da liberação. No sábado ocorrem os treinos e no domingo, a partir das 13h, a largada.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Anhembi está quase pronto para Indy

Nilton Valentim
Do Diário do Grande ABC

08/03/2010 | 07:00


Uma semana antes dos carros largarem para a prova que abre a temporada 2010 da Fórmula Indy, o circuito de rua do Anhembi é um grande canteiro de obras. Operários trabalham por todos os setores e correm contra o tempo para deixar tudo em ordem para os treinos de sábado e a corrida de domingo.

Apesar do pouco tempo, organizadores, autoridades e pilotos demonstram tranqüilidade com o andamento das coisas e todos apostam que tudo estará pronto a tempo. "Vou falar como engenheiro. Tenho certeza que na quinta-feira quando faremos nova visita, tudo estará pronto. Faltam apenas alguns detalhes, que no máximo em três dias estarão concluidos", afirmou o prefeito Gilberto Kassab, que ontem vistoriou o local.

Dois pilotos estiveram ontem no circuito e ambos destacaram a rapidez com que as obras foram executadas. "Em nenhum lugar do mundo se consegue montar o circuito tão rapidamente", afirmou Bia Figueiredo. Mário Romancini, outro brasileiro que disputará a prova paulistana, complementou. "A velocidade com que tudo foi feito por aqui anima a nós, os pilotos, a desempenharmos o nosso papel com empenho ainda maior."

Empolgado com o que viu após percorrer parte da pista, o prefeito já faz planos para que a prova entre definitivamente no calendário de eventos da cidade. "O contrato inicial é de cinco anos. Mas, como tudo que se faz em São Paulo, tenho certeza que vamos renovar por mais cinco, depois mais cinco... E assim por diante", declarou otimista.

Por ser a primeira vez que a prova será realizada nas ruas da Capital , Kassab não descartou a possibilidade de ocorrência de problemas, mas ele aposta que serão contornados. "Vamos nos adequando ano após ano. Mas tenho certeza que não há na Indy uma prova com tantas segurança como esta", exagerou.

A pista de 4.180 metros está pronta. O piso de concreto do Sambódromo, originalmente pintado de branco, foi raspado. Todo o circuito já está cercado de barras de ferro, faltando apenas a colocação do alambrado em alguns pontos e a pintura do ‘S' do Samba. Os operários trabalham na montagem dos boxes e arquibancadas.

Durante a semana, os inspetores de segurança da FIA (Federação Internacional de Automobilismo) vão fazer a última vistoria antes da liberação. No sábado ocorrem os treinos e no domingo, a partir das 13h, a largada.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;