Fechar
Publicidade

Sábado, 16 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Atividade econômica no Brasil recuou 0,1% em 2009



19/02/2010 | 07:00


A recuperação da economia verificada nos últimos meses de 2009 não foi suficiente para que o País encerrasse o ano de forma positiva. A atividade econômica do Brasil diminuiu 0,1% no ano passado, de acordo com o PIB Mensal (Indicador Serasa Experian de Atividade Econômica).

Sob a perspectiva da demanda agregada, essa queda foi puxada, principalmente, pelo recuo na formação bruta de capital fixo ou investimentos (-9,5%) e das exportações de bens e serviços (-10,4%). No lado positivo, o consumo das famílias (3,9%) e governo (3,2%) amenizaram o resultado.

As importações de bens e serviços recuaram 11,9%. Na ponta da oferta agregada, a redução da produção agropecuária (6,1%) e industrial (5,3%) pesaram sobre a atividade econômica brasileira. O setor de serviços encerrou o ano com elevação de 2,7%.

Na série com ajuste sazonal, o PIB Mensal medido pela Serasa cresceu 1,3% em dezembro, ante novembro, por conta da elevação de 5,9% nos investimentos e de 7,1% nas exportações de bens e serviços. Com este resultado, a média móvel trimestral das variações mensais anualizadas passou de 7,3% em novembro, para 9,9% em dezembro, confirmando a aceleração do crescimento econômico brasileiro no fim de 2009.

Na comparação anual, ante dezembro de 2008, a atividade econômica cresceu 7,6%, a maior taxa mensal desde julho de 2008.

SELIC - A elevação da Selic, com início esperado para abril, deve desacelerar a economia brasileira principalmente a partir do segundo semestre, afirmou o economista-chefe da MB Associados, Sérgio Vale.

Para o analista, o crescimento econômico nacional poderia chegar a 7% ao longo de 2010, mas a alta da Selic deverá trazer o PIB (Produto Interno Bruto) para nível "mais razoável" de expansão. Ele projeta avanço de 6% neste ano.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;