Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 18 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Mano tem só uma dúvida para estreia na Libertadores

Moacir, Boquita e Edno estariam na briga pela última vaga; clube estreia na próxima quarta-feira, contra o Racing-URU



19/02/2010 | 07:00


A lista dos jogadores do Corinthians que serão inscritos na Libertadores será divulgada oficialmente na segunda-feira, 48 horas antes da estreia contra o Racing-URU, quarta-feira, no Pacaembu, mas Mano Menezes já a tem definida. Ou quase. Na cabeça do técnico, resta uma vaga, disputada por três jogadores: Moacir, Boquita e Edno.

O que surpreenderá na relação apresentada à Conmebol é que dois dos três jogadores estrangeiros do elenco ficarão de fora. O paraguaio Balbuena e o argentino Escudero, contratados justamente para dar experiência internacional ao grupo - Balbuena jogou a competição pelo Libertad -, estão fora, se nada de extraordinário acontecer até o início da próxima semana. Defederico, outro argentino, está dentro. "A lista não terá grandes surpresas. Pode ter certeza que vocês (jornalistas) já conhecem uns 23 nomes", disse o treinador.

A dúvida na 25ª vaga é se há necessidade de um reserva para a lateral direita. Balbuena era esse jogador no início da temporada, mas não agradou. Moacir estreou contra o Mogi Mirim e não foi bem - apesar de Mano o elogiar após a partida.

O dilema ocorre porque Alessandro é um atleta que sofre com problemas musculares. A opção do técnico é Jucilei. O volante pode ser usado como lateral em caso de urgência. A dúvida é se daria conta da lateral no caso de lesão grave de Alessandro.

POLIVALENTE - Mano admitiu que um dos principais requisitos para estar entre os 25 é jogar em mais de uma posição. Jucilei, por exemplo, atua como primeiro volante, segundo homem do meio de campo e lateral direito.

O treinador, por exemplo, tinha dúvida se colocaria Edu na lista. Pesou o fato de o jogador ser experiente e uma espécie de braço direito de Mano. Na vitória sobre o Palmeiras, Edu estava no banco e foi chamado pelo técnico para opinar sobre o melhor esquema tático após a expulsão de Roberto Carlos. Ralf vai começar a Libertadores como titular na cabeça de área, mas não é unanimidade. Por isso, Marcelo Mattos está inscrito para disputar a vaga.

Se Mano entender que não precisa de reserva para a lateral direita, Boquita e Edno disputam a última vaga. O segundo está um passo na frente. Mas Boquita pode atuar em mais posições do meio-campo, o que o faz entrar na relação dos polivalentes que o treinador aprecia, principalmente em uma competição que limita o número de inscritos - a diretoria só poderá mudar três nomes, a partir das oitavas de final e até a semifinal, já em agosto. "Tenho certeza que vou estar na lista", disse Edno.

Quem vai aparecer na relação, e em um primeiro momento parecerá surpresa, é o garoto Dodô. Será o reserva de Roberto Carlos. Vale lembrar que o clube está louco para vendê-lo e faturar.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;