Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 28 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Brasileiros defendem a honra na São Silvestre


Do Diário do Grande ABC

31/12/2009 | 07:00


A última vez que brasileiros ocuparam o topo do pódio da São Silvestre foi em 2006, com Franck Caldeira e Lucélia Peres. Hoje, a partir das 16h25, eles tentam reverter esta situação.

Mas para Marizete Rezende, campeã de 2002, isto não será fácil. "Os brasileiros estariam na ponta se tivessem uma condição melhor para se prepararem. Não adianta querer ser o melhor sem investimento. É uma vergonha."

Apesar do desabafo, empenho não vai faltar ao grupo. "Quero muito correr de igual para igual", diz a atleta. Caldeira também foca seu próprio rendimento. "O negócio é esquecer os outros, pensar em você e correr muito."

A concorrência será dura. Entre os participantes estão o queniano Robert Cheruiyot, campeão em 2002, 2004 e 2007. "Ao contrário de 2007, este ano resolvi focar a São Silvestre e treinar para ela. Ganhei em 2007, mas tive de me esforçar", lembra o tetracampeão da Maratona de Boston (2003, 2006, 2007 e 2008) e campeão em Chicago (2006) e Milão (2002).

Atual campeão da prova, o também queniano James Kwambai priorizou a Maratona de Nova York e admite que não chega tão bem preparado. "Meu objetivo é a vitória. Tive um ano maravilhoso e gostaria de fechá-lo com chave de ouro."

Outro destaque é o tanzaniano Martin Sulle, vencedor da etapa de São Bernardo da Volkswagen Run.

As africanas prometem jogo duro igual em uma prova com várias ex-campeãs. A sérvia Olivera Jevtic, três vezes vencedora, destaca o nível da concorrência. "É sempre difícil competir numa prova em que estão atletas do nível da Derartu Tulu (campeã em 1994) e Margaret Okayo (campeã em 2003 e vencedora da Maratona de Nova York deste ano)."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;