Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 3 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Diretoria do S.André aguarda relatório de Sérgio Soares para definir equipe

Diretoria espera conclusões do técnico para definir as
dispensas; time ainda luta contra o rebaixamento


Nelson Cilo
Do Diário do Grande ABC

25/11/2009 | 07:00


O Santo André só irá anunciar dispensas e contratações depois de receber o relatório de Sérgio Soares. O técnico espera o encerramento do Campeonato Brasileiro para encaminhar tudo aos dirigentes. O vice-presidente da Gestão Empresarial, Romualdo Magro Júnior, disse ontem que o clube não tomará nenhuma decisão sem antes ouvir o treinador. "Cabe a ele (Soares) indicar os nomes daqueles que ficam ou que não interessam para 2010. Como faltam apenas duas rodadas, não podemos antecipar nada que possa nos prejudicar ainda mais nessa reta final da temporada", afirmou.

Nas atuais circunstâncias, segundo ele, é preciso assumir uma postura cautelosa para não prejudicar os jogadores que vieram a sair. É provável que alguns atletas possivelmente fora dos planos defendam o América de São José do Rio Preto e o Poços de Caldas. Isso vale tanto para os novatos quanto para os mais experientes. Romualdo e o presidente Ronan Maria Pinto fecharam ontem a parceria que prevê a cessão de reforços, como já acontece ao Palestra. "Não haverá listão. Aqueles que não permanecerem conosco poderão atuar no América ou no Poços", exemplificou o dirigente.

Apesar das pouquíssimas chances de salvação, Magro Júnior garante que o Santo André batalhará até o fim pela quase impossível sobrevivência na elite do futebol nacional. "Nossa tarefa é complicada, mas não vamos desistir da luta", declarou.

A exemplo de Magro Júnior, o técnico Sérgio Soares procura resgatar a corrente positiva do elenco para espantar o clima derrotista que tomou conta do ambiente. Nem a goleada sobre o Avaí (4 a 2) afastou o time dos últimos lugares na tabela. "Se existe alguma esperança, não jogaremos a toalha. É importante que a gente consiga duas vitórias e depois torcer para que os demais resultados nos ajudem", disse o comandante, consciente de que os números da equipe são desfavoráveis. "Só que a matemática negativa não entra em campo", aliviou Soares, ao citar os 99% de risco de rebaixamento atribuído ao Náutico e ao Santo André, que se enfrentam domingo, às 17h, no Bruno Daniel.

O lateral-esquerdo Ávine, que voltou a sentir contusão no pé direito, é um dos problemas do treinador do Ramalhão no penúltimo confronto do time no Brasileiro. O centroavante Nunes, que cumpriu suspensão automática, é uma das opções.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;