Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 25 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Janeth também ataca de palestrante


Lucas Tieppo
Especial para o Diário

01/09/2009 | 07:00


Janeth Arcain deixou as quadras há dois anos, após conquistar a medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos de 2007, disputado no Rio de Janeiro. Mas desde a sua despedida, a ex-jogadora de basquete nunca se distanciou do esporte que praticou dos 13 aos 38 anos e passou a se dedicar à sua grande paixão de outras maneiras.

Atualmente, Janeth, uma das maiores jogadoras do basquete feminino brasileiro, é assistente técnica da Seleção Brasileira Adulta e técnica da Seleção sub-15, além de comandar o Instituto Janeth Arcain, sediado em Santo André. Mas a campeão mundial em 1994, na Austrália, também ataca em outras áreas. Janeth ministras palestras que contam um pouco da sua trajetória tanto dentro quanto fora das quadras.

"A minha ideia nas palestras é fazem com que as pessoas conheçam um pouco mais da minha vida, da minha carreira e também do meu instituto. Quando comecei a dar as palestra foi bem difícil, mas agora já estou mais solta", resumiu a ex-jogadora, que conquistou duas medalhas olímpicas, uma de prata, em Atlanta (96), e uma de bronze, em Sydney (2000).

Na última semana, Janeth falou sobre sonhos, oportunidades e superação por cerca de uma hora para uma plateia de 100 pessoas no Ciesp São Bernardo.

"Durante essa uma hora eu detalho fatos e acontecimentos que marcaram a minha vida. Eu tento acender um lado adormecido das pessoas, através da minha vivência eu tento motivar as pessoas, já que todo mundo deve estar motivado todos os dias", afirmou.

Na apresentação, entre outros fatos, Janeth lembra de quando assistiu pela primeira vez que assistiu a Seleção Brasileira feminina pela televisão e colocou como meta que um dia jogaria ao lado de ídolos como Paula e Hortência e como atingiu seu objetivo.

"Eu mostro que é possível atingir seus sonhos. Tudo é possível quando se busca com muita dedicação e trabalho e quando se tem um propósito. Mas eu sempre falo que tem que estar preparada para quando a oportunidade surgir", ressalta.

Apesar de se dizer à vontade para falar sobre a sua vida para uma platéia que varia de estudantes e crianças a executivos e empresários, Janeth garante que é mais fácil ser treinadora, carreira que iniciou recentemente. "É um trabalho muito gratificante, poder ensinar e mostrar na prática aos jovens é muito bom. Acho mais fácil ser técnica do que dar palestras",  garante.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;