Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 6 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Palmeiras inicia 'minidecisões'


Marco Borba
Com Agências

22/08/2009 | 07:00


O Palmeiras recebe o Internacional hoje, às 18h30, no Palestra Itália, em confronto com ingredientes de final de campeonato. Os dois times buscam a reabilitação no Brasileiro e precisam da vitória para se manterem no topo da tabela. O Verdão, líder com37 pontos, encara o confronto como uma decisão. O time gaúcho luta para não sair do G-4. É o quarto colocado, com 33 pontos.

A derrota para o Coritiba no meio da semana acendeu a luz amarela no Palestra Itália e Muricy Ramalho mandou o recado aos jogadores: não vai mais aturar "vacilos".

A mudança de humor do técnico está ligada ao jejum de quatro jogos sem vitórias (três empates e uma derrota).

"Tem que jogar como se fosse uma decisão e não ficar pensando que dá para recuperar os pontos depois. Tem que ganhar agora", avisou Muricy. "Mas é preciso entender também que é normal oscilar num campeonato longo como este. O Palmeiras oscilou quando dava. Agora é ganhar essas minidecisões que temos pela frente", emendou o treinador, ao lembrar o clássico com o São Paulo, outro rival direto pelo título, no dia 30 de setembro, no Morumbi.

A oscilação do time começou logo depois de a diretoria palmeirense anunciar que nenhum titular seria negociado nesta janela de transferências.

"É preciso ter a consciência de que o time jogou bem nesses jogos que não venceu. Não é porque perdeu que o time virou uma porcaria. é preciso frieza para analisar os fatos", disse Muricy.

O volante Pierre e os zagueiros Maurício Ramos e Marcão estão suspensos. Em compensação, o time conta com a volta do goleiro Marcos e do volante Edmílson, recuperados de lesões. O lateral-direito Wendel e o meia Diego Souza têm retorno garantido após cumprirem suspensão.

INTERNACIONAL - O técnico Tite pretende usar a impaciência dos torcedores como arma. Para isso, quer que sua equipe controle a pressão inimiga nos primeiros minutos. O time não terá o zagueiro Bolívar.

Mozart confirma saída do Verdão

Mozart não é mais jogador do Palmeiras. Ontem, o volante se despediu dos demais jogadores. O atleta, que tinha contrato até o fim de 2010, vai defender o Livorno (Itália).

"Faltam só alguns detalhes, mas vou embora", confirmou o jogador, após se despedir do elenco.

Contratado em abril deste ano a pedidos de Vanderlei Luxemburgo, Mozart não teve uma boa sequência no clube. Fez oito jogos e nennhum gol. Ele não entrava em campo desde o duelo contra o Vitória, dia 7 de junho.

Enquanto os jogadores encerravam o treinamento, o meio-campista entrou em campo com roupas normais e começou a se despedir. Depois conversou alguns minutos com Muricy Ramalho.

O presidente do clube,Luiz Gonzaga Belluzzo, já havia revelado que o meio-campista dificilmente continuaria no Palmeiras. Ele tinha contrato com o alviverde até o fim de 2010.(das Agências)



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;