Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 25 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Peixe inicia confrontos diretos pelo G-4


André Battistini
Com Agências

19/08/2009 | 07:00


O Santos enfrenta o Grêmio hoje, às 19h30, na Vila Belmiro, em jogo que abre uma série de três confrontos seguidos contra adversários diretos a vaga na Libertadores - joga contra Goiás e Inter na sequência. Pensando em uma arrancada na tabela, o técnico Vanderlei Luxemburgo traçou a meta de alcançar os nove pontos possíveis. "Temos três confrontos diretos que serão fundamentais. O Santos tem de pensar na Libertadores e seguir os exemplos de São Paulo e Avaí", declarou Luxemburgo.

O confronto contra a equipe gaúcha é mais uma oportunidade de o Santos melhorar o desempenho na Vila Belmiro. Quando chegou, Luxa afirmou que planejava não perder pontos em casa, mas não foi o que se viu até agora. O Peixe acumulou uma vitória (Atlético-PR), um empate (Avaí), e uma derrota (Flamengo). "Quero que esse jogo seja o início da recuperação de uma Vila Belmiro que a gente conhece", afirmou o treinador.

A equipe alvinegra tenta aumentar o fraco desempenho do Grêmio fora. O Tricolor é o pior visitante do Brasileiro, e vai atrás da primeira vitória longe do Olímpico no torneio.

A única baixa na equipe santista é o lateral-esquerdo Léo, que não se recuperou de lesão na coxa esquerda e foi novamento vetado pelo departamento médico do clube, como já havia acontecido contra o Cruzeiro. Com isso, Pará segue de titular.

No Grêmio, Paulo Autuori conta com a volta de Souza e Tcheco, que estavam suspensos. A única dúvida é quem formará dupla com Jonas no ataque: Perea ou Douglas Costa.

NOVIDADE - Quem for hoje a Vila Belmiro poderá ver o novo placar eletrônico do estádio. O painel tem seis metros de altura por oito de largura, o dobro do tamanho do anterior.

Luxemburgo perdoa Emerson e ataca os evangélicos

O volante Emerson disse ao técnico Vanderlei Luxemburgo, ontem, que realmente foi à balada na madrugada de quinta passada, bebeu, mas não saiu carregado. O jogador foi perdoado pelo treinador, que voltou a acusar torcedores evangélicos de terem espalhado a notícia distorcida.

"Acho que essa é uma preocupação desnecessária. Uma porção de vocês (jornalistas) vai à balada, enche a cara e não acontece nada. Emerson me disse que foi à boate e o resto é tudo mentira", afirmou Luxemburgo. Ele criticou o que considerou invasão de privacidade do jogador.

Ao ser questionado se Emerson não comprometerá o programa de recuperação física em razão das baladas, Luxemburgo disse que se isso tivesse acontecido na véspera de um jogo em que o atleta estivesse escalado, seria dispensado.

O treinador revelou que Emerson se apresentou ao Santos com 98 quilos, agora está com 92 e até o fim de semana deve atingir o peso ideal, de 89. "A estreia dele tanto poderá ser no domingo contra o Goiás, como na quarta-feira contra o Internacional."

O preparador físico Antônio Mello, porém, disse à Rádio Cacique de Santos, que o volante ainda precisa de dez dias para atingir o peso ideal. (da AE)



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;