Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 30 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Atacante Malaquias chega nesta terça-feira ao Santo André

Jogador de 21 anos, ex-Paraná, reeditará com Nunes dupla de ataque que fez sucesso no Bragantino


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

18/08/2009 | 07:00


O Santo André confirmou ontem a contratação do atacante Malaquias, 21 anos, ex-Paraná, Bragantino, União São João e Ituano. O jogador, que não vinha sendo utilizado pelo técnico Sérgio Soares na Série B do Campeonato Brasileiro, chega hoje à região para realizar os exames médicos e assinar contrato até o fim do Paulistão de 2010.

"É um jogador rápido, de velocidade, que já chega em condições físicas por estar treinando no Paraná, e espero que nos ajude", disse ontem o técnico Alexandre Gallo.

Malaquias reencontrará um companheiro com quem se destacou jogando ao lado: Nunes. Ambos formaram a dupla de ataque titular do Bragantino no ano passado e no primeiro semestre deste ano. "Jogamos dois campeonatos paulistas, uma Copa do Brasil e uma Série B", recordou Nunes, que elogiou a diretoria andreense pela decisão.

"Foi uma excelente contratação. Faltava um jogador para ajudar ali na frente, porque depois que o Antônio Flávio saiu (negociado com o futebol sueco), ninguém se firmou. O Malaquias tem características parecidas com as do Antônio Flávio e, sem dúvida, vai ajudar."

No Campeonato Paulista deste ano, dos 34 gols da equipe de Bragança Paulista, dez saíram dos pés da dupla - Nunes fez seis e Malaquias, quatro. "Se ele jogar ao meu lado, como já estamos entrosados, tudo deve dar certo", comentou Nunes.

A passagem do novo contratado pelo Paraná, no entanto, não foi tão boa. Depois de ser indicado pelo então técnico Zetti, Malaquias foi utilizado em nove jogos na Série B do Brasileiro, mas não marcou gols. Mesmo assim, dirigentes do clube paranaense elogiaram o período do jogador pelo clube.

"O Malaquias é um jogador que tem qualidade, mas acabou não dando certo aqui no Paraná. Por isso o negociamos, até para não queimá-lo", comentou o diretor de futebol do Paraná, Paulo Wélter.

Outros reforços podem chegar em breve ao Santo André. A prioridade, no momento, parece ser um zagueiro. Outro atacante, porém, não está descartado. "Mas não está fácil. Estamos conversando bastante com a diretoria para resolver isso", concluiu Gallo.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;