Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 6 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Acordado, Massa dá sinais de evolução


Lucas Tieppo
Com Agências

28/07/2009 | 07:00


Após dois dias em coma induzido, o piloto brasileiro Felipe Massa dá sinais claros de recuperação do acidente sofrido durante a sessão de treinos para o GP da Hungria, no sábado. De acordo com o último boletim, divulgado ontem pela equipe médica do Hospital Militar de Budapeste, onde Massa está internado, o piloto já dispensa o uso de sedativos, consegue conversar com seus familiares e enxergar. No entanto, o médico Robert Veres, membro da equipe cirúrgica, afirmou ontem que o brasileiro não deve voltar às pistas na temporada e que é impossível definir sequelas na visão esquerda.

"Eu não sei (se ele pode retornar a correr na temporada). É cedo para dizer qualquer coisa em relação à corrida", disse o médico. "O olho foi machucado, mas não sabemos exatamente a extensão", explicou.

Dino Altmann, diretor médico do Grande Prêmio Brasil, que está na Hungria a pedido da família de Massa, deu detalhes sobre a recuperação de Massa. "Fazer algumas perguntas por iniciativa própria é um sinal fantástico. Ele quis saber o que tinha acontecido com ele, o que é uma pergunta natural. Eu disse a ele: ‘Você teve um acidente, está num hospital na Hungria e vai ficar bem. Só isso.' Ele quis saber também o que era o tubo na mão dele e chegou até a perguntar que horas eram", contou o médico.

Altmann também afirmou estar otimista com as chances de Massa continuar enxergando normalmente após o acidente. "Ainda não teve uma variação, mas não tem nenhuma razão para ele não enxergar. Com o olho que está aberto, que não está inchado, ele enxerga tudo". Outra boa notícia para a família do piloto é a possibilidade dele ser liberado para continuar o tratamento em sua casa, no Principado de Mônaco, e não em uma clínica em Paris, na França.

O pai de Massa, Titônio, por meio da assessoria de imprensa do filho, disse estar bastante aliviado com a recuperação. "Nós e as pessoas mais próximas estamos mais animados, porque a melhora do Felipe é agora a cada hora, e não mais de um dia para o outro. Se a recuperação dele continuar no ritmo atual, é possível que, em dois dias, ele possa ser transferido para um quarto comum", concluiu.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;