Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 18 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Sama realiza dois contratos com empresa para mesmo fim


Paula Cabrera
Do Diário do Grande ABC

12/06/2009 | 07:00


A Oestevalle, empresa que possui estreita relação com a Prefeitura de Mauá desde a gestão interina de Diniz Lopes (2005), possui dois contratos com o Sama (Saneamento Básico do Município de Mauá), autarquia presidida atualmente também pelo ex-vereador. Pelo primeiro contrato, a empresa deve prestar o serviço de "frenagem e recapeamento asfáltico e serviços complementares" por R$ 2,49 milhões. O segundo, fixado em R$ 3,69 milhões, garantirá os serviços de "tapa vala, ligações de água e serviços técnicos diversos". No total, a empresa arrecadará R$ 7,6 milhões dos cofres públicos. Ao menos um dos contratos dispensou licitação.

Diniz negou que a empresa tenha sido favorecida. "Ela ofereceu o melhor preço e temos de prestar o serviço. Não podemos deixar a cidade parar."

Além do acordo de 2005, a empresa prestou serviços ao Sama até o fim do ano passado. Durante a gestão Leonel Damo, foi escolhido para finalizar as obras da Biblioteca Central, edifício ainda não concluído. Para o serviço, cobrou R$ 4.977 milhões. Diniz não se manifestou sobre o segundo contrato fechado com a empresa.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sama realiza dois contratos com empresa para mesmo fim

Paula Cabrera
Do Diário do Grande ABC

12/06/2009 | 07:00


A Oestevalle, empresa que possui estreita relação com a Prefeitura de Mauá desde a gestão interina de Diniz Lopes (2005), possui dois contratos com o Sama (Saneamento Básico do Município de Mauá), autarquia presidida atualmente também pelo ex-vereador. Pelo primeiro contrato, a empresa deve prestar o serviço de "frenagem e recapeamento asfáltico e serviços complementares" por R$ 2,49 milhões. O segundo, fixado em R$ 3,69 milhões, garantirá os serviços de "tapa vala, ligações de água e serviços técnicos diversos". No total, a empresa arrecadará R$ 7,6 milhões dos cofres públicos. Ao menos um dos contratos dispensou licitação.

Diniz negou que a empresa tenha sido favorecida. "Ela ofereceu o melhor preço e temos de prestar o serviço. Não podemos deixar a cidade parar."

Além do acordo de 2005, a empresa prestou serviços ao Sama até o fim do ano passado. Durante a gestão Leonel Damo, foi escolhido para finalizar as obras da Biblioteca Central, edifício ainda não concluído. Para o serviço, cobrou R$ 4.977 milhões. Diniz não se manifestou sobre o segundo contrato fechado com a empresa.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;