Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Processo de criação globalizado

Novo espetáculo da Cia. de Danças de Diadema conta com colaboradores vindos da Europa


Ângela Corrêa
Do Diário do Grande ABC

10/05/2009 | 07:02


A bailarina paulistana Denise Namura partiu para a França há aproximadamente três décadas. "Fui assim, para ver como é a vida, motivo da maioria dos que fazem isso", conta. Foi na experiência de imigrante, que divide com o marido e sócio na companhia À Fleur de Peau, o alemão Michael Bugdahn, que a artista se baseou para a criação de uma coreografia exclusiva para a Companhia de Danças de Diadema, a convite da diretora, Ana Bottosso.

O título - provisório - do espetáculo foi emprestado de um clássico francês na voz de Édith Piaf. La Vie en Rose? (assim mesmo, com o ponto de interrogação) é um espetáculo sobre memória, caminhos e identidades que foi talhado para passear pela linha que une os dois países. "Tanto para mim quanto para Micha não convinha abordar o folclore, por exemplo. Nosso lance é falar do ser humano", conta Denise.

A vontade de trabalhar juntos era antiga. "Admiro o trabalho dos dois justamente porque se aproxima à nossa proposta: de misturar dança e teatro", diz Ana Bottosso. Os planos acabaram se concretizando em pleno Ano da França no Brasil. Graças à Companhia e à Associação Projeto Brasileiro de Dança.

O casal desembarcou no Brasil em 14 de abril. Até a última sexta-feira, quando voltariam a Paris, a rotina foi pesada. "Você sabe o que é dormir? Pois eu não sei!", brinca Denise. A experiência de criar para uma equipe desconhecida era inédita para o casal e o desafio era trabalhar os movimentos com eles em pouco tempo, ainda mais a certa distância da estreia, marcada para fim de julho em São Paulo.

Ainda não é certo que os dois venham para presenciar a estreia. "Nunca passamos por isso. É horrível!", confessa. Até lá, acompanharão o progresso da coreografia por vídeo.

Como o material humano é o que trabalham no coletivo, submeteram os bailarinos de Diadema a questionários antes de pisar no País.

A diretora Ana Bottosso, que também dançará no espetáculo, ajudou nesse processo, apresentando o elenco aos coreógrafos em conversas por e-mail. "Perguntamos qual era a imagem deles de Brasil, da França... Nós os conhecemos, na verdade, aqui fora", aponta Denise no intervalo, enquanto os bailarinos almoçavam na área externa do Teatro Clara Nunes, onde ensaiaram e onde apresentam pré-estreias em 3, 4 e 5 de julho.

Opções em balé se multiplicam

Paralelamente aos ensaios do espetáculo coreografado pelo casal Denise Namura e Michael Bugdahn, a Companhia de Danças de Diadema e o Grupo Danceato, ambos dirigidos pela bailarina Ana Bottosso, continuam a todo vapor com espetáculos de repertório e workshops na região e em São Paulo.

O Danceato segue na Caixa Cultural São Paulo (Praça da Sé, 111) até o próximo fim de semana com a coreografia Três Momentos do Movimento. Às sextas-feiras e sábados, as apresentações ocorrem às 19h30. Aos domingos, às 18h. A entrada é franca.

Os interessados podem ainda participar da oficina de dança-teatro ministrada pelo grupo. As próximas aulas ocorrem sábado e domingo, das 10h às 12h. Informações e inscrições pelo telefone 3107-0498.

ABCDANÇA - A edição deste ano do ABCDança - a quarta do evento que percorre as sete cidades com programação voltada à arte dos movimentos - abre na próxima quarta-feira (14), às 14h, em Diadema. Às 20h a Companhia de Danças apresenta Crendices... Quem Disse?. Após a apresentação, haverá bate-papo com os dançarinos.

A programação dos espetáculos se concentra no Centro Cultural Diadema (rua Graciosa, 300, Centro), onde também foi montado o palco livre. Para inscrever os trabalhos, basta contatar 7858-5549 ou 9570-9996. As oficinas serão ministradas no Centro Cultural Nogueira (Rua Marcos Azevedo, 240). O Ballet Evelyn fecha a programação no dia 17, às 20h, com Império Tropical. O ABCDança segue pelas demais cidades da região, além da Capital, até agosto.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;