Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 15 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Cafu é oferecido, mas Mancini veta contratação



07/05/2009 | 07:00


O lateral-direito Cafu foi oferecido ontem ao Santos, mas o técnico Vágner Mancini não demonstrou interesse na contratação do pentacampeão mundial com a Seleção Brasileira, em 2002.

Enquanto assistia ao treino, o gerente de futebol, José Ely Miranda, o Zito, recebeu ligação de um empresário. Ao saber que Cafu estava disposto a jogar pelo Santos, o dirigente entrou em campo, conversou rapidamente com Mancini e depois explicou ao agente que o treinador tem outro jogador em vista para a posição. O nome mais cotado no CT Rei Pelé é o de Maranhão, que defendeu o Guarani no Paulista.

TRIO CARIOCA - O diretor de futebol, Adilson Durante Filho, aproveitou viagem ao Rio de Janeiro - participou do Congresso Técnico do Brasileiro na CBF - para tentar se desfazer do meia Lúcio Flávio, pouco utilizado por Mancini e que ganha R$ 185 mil por mês.

Uma de suas tentativas foi trocá-lo pelo trio Léo Moura, Ibson e Obina, do Flamengo. Dos três, apenas Obina tem chance de ser envolvido em uma negociação em razão da contratação de Adriano pelo clube da Gávea. Ultimamente, ele estava na reserva de Emerson e Josiel. A multa contratual de Léo Moura é de R$ 20 milhões e Ibson tem os direitos federativos presos ao Porto, de Portugal.

O supervisor de futebol, Ocimar Bolicenho, voltou de Curitiba e seguiu a Jundiaí para acertar os detalhes finais das contratações do zagueiro Eli Sabiá e do meia Felipe Azevedo, ambos do Paulista. Os dois jogadores devem fazer os exames médicos hoje e assinar contrato.

A situação de Rodrigo Mancha poderá ser resolvida até amanhã. O Santos deve dar compensação financeira ao Coritiba pela liberação do volante, que assinou pré-contrato com o clube da Baixada Santista, mas tem compromisso com a agremiação paranaense até 2 de julho.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Cafu é oferecido, mas Mancini veta contratação


07/05/2009 | 07:00


O lateral-direito Cafu foi oferecido ontem ao Santos, mas o técnico Vágner Mancini não demonstrou interesse na contratação do pentacampeão mundial com a Seleção Brasileira, em 2002.

Enquanto assistia ao treino, o gerente de futebol, José Ely Miranda, o Zito, recebeu ligação de um empresário. Ao saber que Cafu estava disposto a jogar pelo Santos, o dirigente entrou em campo, conversou rapidamente com Mancini e depois explicou ao agente que o treinador tem outro jogador em vista para a posição. O nome mais cotado no CT Rei Pelé é o de Maranhão, que defendeu o Guarani no Paulista.

TRIO CARIOCA - O diretor de futebol, Adilson Durante Filho, aproveitou viagem ao Rio de Janeiro - participou do Congresso Técnico do Brasileiro na CBF - para tentar se desfazer do meia Lúcio Flávio, pouco utilizado por Mancini e que ganha R$ 185 mil por mês.

Uma de suas tentativas foi trocá-lo pelo trio Léo Moura, Ibson e Obina, do Flamengo. Dos três, apenas Obina tem chance de ser envolvido em uma negociação em razão da contratação de Adriano pelo clube da Gávea. Ultimamente, ele estava na reserva de Emerson e Josiel. A multa contratual de Léo Moura é de R$ 20 milhões e Ibson tem os direitos federativos presos ao Porto, de Portugal.

O supervisor de futebol, Ocimar Bolicenho, voltou de Curitiba e seguiu a Jundiaí para acertar os detalhes finais das contratações do zagueiro Eli Sabiá e do meia Felipe Azevedo, ambos do Paulista. Os dois jogadores devem fazer os exames médicos hoje e assinar contrato.

A situação de Rodrigo Mancha poderá ser resolvida até amanhã. O Santos deve dar compensação financeira ao Coritiba pela liberação do volante, que assinou pré-contrato com o clube da Baixada Santista, mas tem compromisso com a agremiação paranaense até 2 de julho.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;