Fechar
Publicidade

Sábado, 27 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Uso de armas químicas seria um "ultrajante", diz Ban



20/03/2013 | 02:50


O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, "continua convencido de que o uso de armas químicas por qualquer grupo [na Síria] em qualquer circunstância constituirá um crime ultrajante", disse a ONU nesta terça-feira.

O comentário foi feito depois que o governo da Síria e rebeldes de oposição se acusaram mutuamente de usar armas químicas pela primeira vez em dois anos de guerra civil.

Ban Ki-moon e Ahmet Üzümcü, diretor-geral da ONU para a Proibição de Armas Químicas, "compartilharam uma profunda preocupação sobre o suposto uso de armas químicas na Síria", disse a ONU em um comunicado após a conversa dos dois.

Os dois homens se comprometeram a manter um contato estreito conforme os acontecimentos forem se desenvolvendo.

O porta-voz da ONU, Martin Nesirky, disse que a ONU estava "ciente do relatório" de que as armas químicas foram utilizadas na Síria, mas "não estamos em posição de confirmar isso".

Aliado estratégico do regime de Bashar Assad, Moscou disse que tinha "informação" vinda de Damasco de que os rebeldes haviam usado armas químicas. Por outro lado, Washington disse que não havia "nenhuma evidência" de que os insurgentes tinham feito seu primeiro ataque químico e advertiu que seria "totalmente inaceitável" caso o regime usasse tais armas. As informações são da Dow Jones.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;