Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 22 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Tigre: 'É vencer ou vencer' no 1º de Maio


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

08/04/2009 | 07:00


Como diz a letra do hino do clube, "É São Bernardo, é vencer ou vencer". Para o Tigre, de fato, não há outro resultado se não a vitória para alcançar a classificação para a segunda fase do Campeonato Paulista da Série A-2. Hoje, contra o Taquaritinga, às 15h (com TV+), no Estádio 1º de Maio, a equipe busca os três primeiros pontos (dos noves ainda possíveis e almejados) rumo ao G-8 - grupo dos oito classificados à próxima fase -, e conta com o incentivo do torcedor para atingir o objetivo.

"São três jogos e vamos buscar três vitórias", afirmou o zagueiro Da Guia, referindo-se também às partidas contra Rio Preto, domingo, em casa, e União São João, no dia 19, em Araras. "Agora é fazer a nossa parte para nos mantermos vivos na competição", emendou o técnico Wagner dos Anjos

As duas equipes vêm de derrota. Enquanto o São Bernardo perdeu para o Sertãozinho, por 1 a 0, fora de casa, o Taquaritinga caiu diante do Juventus, por 2 a 1, na Capital. Outra semelhança é que assim como o Tigre, o adversário de hoje faz as contas para se classificar e vem ao Grande ABC para explorar as investidas do mandante ao ataque. Preparado, Wagner dos Anjos alerta sobre a postura que deve ser adotada pelo time do Interior.

"Eles vão vir postados no 3-6-1 e precisamos ter paciência, assim como a torcida, porque vamos ter de tocar a bola para encontrar os espaços. Não adianta ir de qualquer forma para o ataque e oferecer os contra-ataques ao adversário", explicou o treinador.

Wagner dos Anjos tem apenas um desfalque para confirmar a equipe: o zagueiro Biro, suspenso por ter recebido o terceiro cartão amarelo em Sertãozinho. As opções do treinador são recuar Da Guia da meia para a zaga ou a entrada de Diego Araújo.

Além dessa dúvida na zaga, o treinador pode realizar outras mudanças na equipe. A primeira deve ser no meio-campo. Nas últimas duas partidas, contra Catanduvense e Sertãozinho, o time atuou com três zagueiros e três volantes, sem um meia de criação. Para o confronto de hoje, Alê ou Raul deve ganhar uma chance, tendo em vista que o time necessita de postura mais ofensiva.

Sem citar nomes, o técnico comentou que também pode fazer alterações baseadas na condição física dos atletas. "O cansaço está batendo. O time vem de viagens longas (em três semanas foi a Lins, Catanduva e Sertãozinho, cidades a mais de cinco horas de distância do Grande ABC) e quem estiver melhor fisicamente joga. Vamos analisar bem para não se precipitar e errar", concluiu Wagner dos Anjos.

Equipe tenta assimilar erros de Sertãozinho

Os jogadores, a comissão técnica e a diretoria do São Bernardo foram unânimes ao considerar a derrota para o Sertãozinho - 1 a 0, na última rodada - um resultado injusto. "Não merecia perder nem vencer. O empate seria o mais justo", comentou o diretor de futebol Edgard Montemor Filho.

Para o técnico Wagner dos Anjos, no entanto, a partida serviu para observar erros no posicionamento do time, que puderam ser corrigidos no treino de ontem. "Jogamos com três volantes e, mesmo assim, erramos deixando espaços no meio-campo para eles jogarem", comentou o treinador. "E mais uma vez tomamos um gol de bola parada", recordou o treinador, referindo-se ao gol de falta marcado por Ricardo Lopes, do Sertãozinho.

TORCIDA - A diretoria do São Bernardo irá manter a promoção do jogo contra o Atlético Sorocaba e disponibilizará 2.000 ingressos gratuitos para os torcedores que chegarem ao Estádio 1º de Maio com uma hora de antecedência no confronto de hoje.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Tigre: 'É vencer ou vencer' no 1º de Maio

Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

08/04/2009 | 07:00


Como diz a letra do hino do clube, "É São Bernardo, é vencer ou vencer". Para o Tigre, de fato, não há outro resultado se não a vitória para alcançar a classificação para a segunda fase do Campeonato Paulista da Série A-2. Hoje, contra o Taquaritinga, às 15h (com TV+), no Estádio 1º de Maio, a equipe busca os três primeiros pontos (dos noves ainda possíveis e almejados) rumo ao G-8 - grupo dos oito classificados à próxima fase -, e conta com o incentivo do torcedor para atingir o objetivo.

"São três jogos e vamos buscar três vitórias", afirmou o zagueiro Da Guia, referindo-se também às partidas contra Rio Preto, domingo, em casa, e União São João, no dia 19, em Araras. "Agora é fazer a nossa parte para nos mantermos vivos na competição", emendou o técnico Wagner dos Anjos

As duas equipes vêm de derrota. Enquanto o São Bernardo perdeu para o Sertãozinho, por 1 a 0, fora de casa, o Taquaritinga caiu diante do Juventus, por 2 a 1, na Capital. Outra semelhança é que assim como o Tigre, o adversário de hoje faz as contas para se classificar e vem ao Grande ABC para explorar as investidas do mandante ao ataque. Preparado, Wagner dos Anjos alerta sobre a postura que deve ser adotada pelo time do Interior.

"Eles vão vir postados no 3-6-1 e precisamos ter paciência, assim como a torcida, porque vamos ter de tocar a bola para encontrar os espaços. Não adianta ir de qualquer forma para o ataque e oferecer os contra-ataques ao adversário", explicou o treinador.

Wagner dos Anjos tem apenas um desfalque para confirmar a equipe: o zagueiro Biro, suspenso por ter recebido o terceiro cartão amarelo em Sertãozinho. As opções do treinador são recuar Da Guia da meia para a zaga ou a entrada de Diego Araújo.

Além dessa dúvida na zaga, o treinador pode realizar outras mudanças na equipe. A primeira deve ser no meio-campo. Nas últimas duas partidas, contra Catanduvense e Sertãozinho, o time atuou com três zagueiros e três volantes, sem um meia de criação. Para o confronto de hoje, Alê ou Raul deve ganhar uma chance, tendo em vista que o time necessita de postura mais ofensiva.

Sem citar nomes, o técnico comentou que também pode fazer alterações baseadas na condição física dos atletas. "O cansaço está batendo. O time vem de viagens longas (em três semanas foi a Lins, Catanduva e Sertãozinho, cidades a mais de cinco horas de distância do Grande ABC) e quem estiver melhor fisicamente joga. Vamos analisar bem para não se precipitar e errar", concluiu Wagner dos Anjos.

Equipe tenta assimilar erros de Sertãozinho

Os jogadores, a comissão técnica e a diretoria do São Bernardo foram unânimes ao considerar a derrota para o Sertãozinho - 1 a 0, na última rodada - um resultado injusto. "Não merecia perder nem vencer. O empate seria o mais justo", comentou o diretor de futebol Edgard Montemor Filho.

Para o técnico Wagner dos Anjos, no entanto, a partida serviu para observar erros no posicionamento do time, que puderam ser corrigidos no treino de ontem. "Jogamos com três volantes e, mesmo assim, erramos deixando espaços no meio-campo para eles jogarem", comentou o treinador. "E mais uma vez tomamos um gol de bola parada", recordou o treinador, referindo-se ao gol de falta marcado por Ricardo Lopes, do Sertãozinho.

TORCIDA - A diretoria do São Bernardo irá manter a promoção do jogo contra o Atlético Sorocaba e disponibilizará 2.000 ingressos gratuitos para os torcedores que chegarem ao Estádio 1º de Maio com uma hora de antecedência no confronto de hoje.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;