Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 27 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Verdão tenta atrapalhar vida do S.Paulo



28/03/2009 | 07:00


A meta do São Paulo é se classificar antecipadamente. A do Palmeiras, já confirmado na semifinal, é atrapalhar o rival e assegurar o primeiro lugar na fase de classificação, garantindo, assim, vantagem na fase final do Paulistão. Sinal de que o Morumbi deve pegar fogo hoje, às 16h10, com a disputa do clássico paulista de maior rivalidade nos últimos tempos.

"Vamos respeitar o Palmeiras, mas ele já está classificado e nós, não. Temos de atacar para conseguir os pontos necessários para garantir a nossa vaga", disse o zagueiro André Dias. "Não adianta pensar em outro resultado: precisamos vencer para classificar", reforçou o goleiro Rogério Ceni.

O São Paulo, no entanto, não depende apenas de suas forças para se classificar antecipadamente hoje. A equipe soma 33 pontos e, em terceiro lugar, precisa vencer o Palmeiras e torcer por derrotas de Lusa (31) e Santos (30), e um empate do Santo André (27).

"A última rodada não ajudou muito a gente. A Portuguesa conseguiu marcar no finalzinho (empate com o Mirassol). A classificação poderia estar mais próxima. Agora, teremos de vencer o clássico", afirmou o volante Zé Luis, consciente de que o São Paulo precisa mostrar sua força nestas três últimas rodadas da primeira fase do Paulistão.

Se o São Paulo pensa só no clássico de hoje, o foco palmeirense já há algum tempo é o duelo com o Sport pela Libertadores, dia 8 de abril, no Recife. Como perdeu nas duas primeiras rodadas da competição continental, o Palmeiras precisa vencer o time pernambucano para continuar com chances de classificação.

Já classificado no Paulistão, com 40 pontos em 16 jogos, o técnico Vanderlei Luxemburgo vem fazendo testes nas últimas partidas no Estadual. Mas, pensando no clássico, poupou os pendurados Danilo e Pierre no jogo contra o Bragantino justamente para ter a maior força possível diante do São Paulo.

Para o atacante Keirrison, estrela da companhia palmeirense nesta temporada, não há favorito, apesar de o jogo ser no Morumbi e a responsabilidade maior do São Paulo. "Não vejo um time melhor que o outro. Cada elenco tem suas virtudes, suas qualidades e seus defeitos. Até por isso, aposto num jogo equilibrado", afirmou o artilheiro do Paulistão, com 12 gols até agora. 

Muricy Ramalho fecha treino e esconde o ataque

Um clássico como qualquer outro. É assim que Muricy Ramalho diz encarar o jogo de hoje contra o Palmeiras no Morumbi. Mas a atitude do treinador do São Paulo ao fechar parcialmente o treino na tarde de ontem, no CT da Barra Funda, mostra que não é bem assim.

"A gente entra para ganhar, como em qualquer clássico. Vencer dá uma motivação a mais em qualquer circunstância. Ainda mais agora, que nos aproximaria da classificação", disse Muricy. "Claro que em uma semifinal, com jogo de ida e volta, a preparação é diferente, mas todo mundo quer ganhar sempre."

Fazendo mistério, o técnico não quis revelar quem fará a dupla de ataque com Washington. Borges, titular nos últimos jogos, não participou do treino de ontem durante a parte aberta à imprensa. Ficou no Reffis em tratamento, após ter sofrido uma torção no joelho esquerdo contra o Noroeste.

O reserva imediato de Borges, Dagoberto, treinou normalmente. Mas Muricy não abriu o jogo. "Não vou contar nada, o treino foi fechado para isso", resumiu o técnico são-paulino.

Luxemburgo só pensa na vitória para focar duelo contra o Sport

O técnico Vanderlei Luxemburgo só pensa em confirmar o mais rapidamente possível a primeira colocação do Palmeiras na fase de classificação do Paulistão para garantir vantagem de jogar por dois resultados iguais nas semifinais e em uma eventual final. Desse modo, ele poderá intensificar a preparação visando o jogo decisivo pela Libertadores, contra o Sport, dia 8 de abril, em Recife.

"O direcionamento para essa partida (contra o Sport) está colocado, e já estamos trabalhando isso com os jogadores", afirmou Luxemburgo. Mas, caso vença o clássico de hoje contra o São Paulo, o Palmeiras, líder isolado do Paulistão com 40 pontos, garantirá a primeira colocação com duas rodadas de antecedência. E poderá focar exclusivamente a Copa Libertadores.

"Não me preocupo com o nosso adversário na semifinal, e sim em ficar em primeiro e buscar a vantagem. Além disso, claro, há a rivalidade. Não dá para relaxar diante do São Paulo nunca", avisou Luxemburgo, ao comentar sobre a importância do clássico de hoje para o seu time, que já está classificado no Paulistão.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;