Fechar
Publicidade

Domingo, 8 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

'Quem Quer Ser um Milionário?' é o grande vencedor do Oscar

Filme que se passa na Índia levou oito estatuetas na festa da Academia, incluindo melhor filme e direção


Carla Navarrete
Do Diário OnLine

23/02/2009 | 02:35


Apontado como o principal favorito, o longa "Quem Quer Ser um Milionário?" foi o grande vencedor do Oscar 2009, realizado entre a noite de domingo e a madrugada desta segunda-feira, no Kodak Theatre, em Los Angeles. O filme que se passa em Mumbai, na Índia, angariou oito estatuetas no total, sem dar chances para "O Curioso Caso de Benjamin Button", que tinha o maior número de indicações - 13 no total.

Confira a galeria de vencedores
Veja fotos do tapete vermelho

No início da cerimônia, a impressão era de que os dois filmes iriam dividir os principais prêmios da noite. Mas, aos poucos, "Slumdog Millionaire" (seu título original) foi ampliando a vantagem. No final, venceu de lavada por 8 a 3, ganhando as estatuetas de melhor filme, direção (para Danny Boyle), roteiro adaptado, fotografia, mixagem de som, trilha sonora, canção original e montagem. Já ‘Benjamin Button' só levou categorias técnicas: direção de arte, maquiagem e efeitos visuais.

Em uma cerimônia que remeteu à Era de Ouro de Hollywood, na tentativa de recuperar a audiência perdida nos últimos anos, o ator Hugh Jackman - host da noite - adotou uma postura mais de ‘showman' e menos de comediante, como era de praxe entre os apresentadores anteriores do Oscar. Em seu discurso de abertura, o homem eleito o mais sexy de 2008 pela revista People cantou e dançou, parodiando alguns dos indicados. A atriz Anne Hathaway o acompanhou durante uma referência ao filme "Frost/Nixon".

Em outro momento da noite, Jackman fez uma apresentação musical ao lado da cantora Beyonce, dos atores Zac Efron e Vanessa Hudgens, da trilogia "High School Musical", e de Amanda Seyfried e  Dominic Cooper, de "Mamma Mia!". O diretor Baz Lurhman ("Moulin Rouge - Amor em Vermelho") ficou a cargo do número, que relembrou vários musicais.

Apesar de começar com cerca de meia hora de atraso, a cerimônia prezou pela rapidez na entrega dos prêmios. Outra novidade ocorreu nas categorias de melhor ator, atriz e coadjuvantes. Vencedores de anos anteriores, como Nicole Kidman e Robert De Niro, apresentaram os indicados, dando um toque de emoção à festa.

Sean Penn desbancou Mickey Rourke e ganhou o segundo Oscar de sua carreira como melhor ator por sua interpretação de um ativista dos direitos homossexuais em "Milk - a Voz da Igualdade". Ele já havia sido premiado em 2004, por "Sobre Meninos e Lobos".

Em um discurso politizado, Penn falou sobre a necessidade de direitos iguais para os homossexuais, disse ter orgulho de morar em um país que elegeu Barack Obama como presidente e ainda chamou Mickey Rourke, que perdeu a estatueta para ele, de "irmão".

Já Kate Winslet finalmente ganhou o tão esperado Oscar de melhor atriz, em sua sexta indicação, por seu papel de uma ex-guarda nazista em "O Leitor". Após um discurso emocionado de agradecimento, ela brincou que a concorrente Meryl Streep deveria "engolir" a derrota.

Em relação aos coadjuvantes, o Oscar não fugiu das previsões. A espanhola Penélope Cruz venceu por seu papel em "Vicky Cristina Barcelona", de Woody Allen. Em um dos momentos mais esperados da noite, Heath Ledger - morto em janeiro de 2008 - ganhou um Oscar póstumo por sua interpretação do Coringa em "Batman - o Cavaleiro das Trevas". O prêmio foi recebido por sua mãe, Sally, seu pai, Kim, e a irmã Kate.

O japonês "Departures" venceu na categoria de melhor filme em língua estrangeira, desbancando o israelense "Valsa com Bashir". Já "Wall-E" ganhou a estatueta de animação. Foi o quarto Oscar da Pixar desde a criação da categoria, em 2002.

Confira a lista de vencedores:

Melhor filme
"Quem Quer Ser um Milionário?"

Melhor diretor
Danny Boyle ("Quem Quer Ser um Milionário?")

Melhor ator
Sean Penn ("Milk - a Voz da Igualdade")

Melhor atriz
Kate Winslet ("O Leitor")

Melhor ator coadjuvante
Heath Ledger ("Batman - o Cavaleiro das Trevas")

Melhor atriz coadjuvante
Penélope Cruz ("Vicky Cristina Barcelona")

Melhor roteiro original
"Milk - a Voz da Igualdade"

Melhor roteiro adaptado
"Quem Quer Ser um Milionário?"

Melhor filme de animação
"Wall-E"

Melhor filme estrangeiro
"Departures" (Japão)

Melhor direção de arte
"O Curioso Caso de Benjamin Button"

Melhor fotografia
"Quem Quer Ser um Milionário?"

Melhor mixagem de som
"Quem Quer Ser um Milionário?"

Melhor edição de som
"Batman - o Cavaleiro das Trevas"

Melhor trilha sonora original
A.R. Rahman ("Quem Quer Ser um Milionário?")

Melhor canção original
"Jai Ho", de A.R. Rahman ("Quem Quer Ser um Milionário?")

Melhor figurino
"A Duquesa"

Melhor montagem
"Quem Quer Ser um Milionário?"

Melhor maquiagem
"O Curioso Caso de Benjamin Button"

Melhores efeitos visuais
"O Curioso Caso de Benjamin Button"

Melhor documentário
"Man on Wire"

Melhor documentário curta-metragem
"Smile Pinki"

Melhor curta-metragem de animação
"La Maison en Petits Cubes"

Melhor curta-metragem
"Spielzeugland (Toyland)"



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

'Quem Quer Ser um Milionário?' é o grande vencedor do Oscar

Filme que se passa na Índia levou oito estatuetas na festa da Academia, incluindo melhor filme e direção

Carla Navarrete
Do Diário OnLine

23/02/2009 | 02:35


Apontado como o principal favorito, o longa "Quem Quer Ser um Milionário?" foi o grande vencedor do Oscar 2009, realizado entre a noite de domingo e a madrugada desta segunda-feira, no Kodak Theatre, em Los Angeles. O filme que se passa em Mumbai, na Índia, angariou oito estatuetas no total, sem dar chances para "O Curioso Caso de Benjamin Button", que tinha o maior número de indicações - 13 no total.

Confira a galeria de vencedores
Veja fotos do tapete vermelho

No início da cerimônia, a impressão era de que os dois filmes iriam dividir os principais prêmios da noite. Mas, aos poucos, "Slumdog Millionaire" (seu título original) foi ampliando a vantagem. No final, venceu de lavada por 8 a 3, ganhando as estatuetas de melhor filme, direção (para Danny Boyle), roteiro adaptado, fotografia, mixagem de som, trilha sonora, canção original e montagem. Já ‘Benjamin Button' só levou categorias técnicas: direção de arte, maquiagem e efeitos visuais.

Em uma cerimônia que remeteu à Era de Ouro de Hollywood, na tentativa de recuperar a audiência perdida nos últimos anos, o ator Hugh Jackman - host da noite - adotou uma postura mais de ‘showman' e menos de comediante, como era de praxe entre os apresentadores anteriores do Oscar. Em seu discurso de abertura, o homem eleito o mais sexy de 2008 pela revista People cantou e dançou, parodiando alguns dos indicados. A atriz Anne Hathaway o acompanhou durante uma referência ao filme "Frost/Nixon".

Em outro momento da noite, Jackman fez uma apresentação musical ao lado da cantora Beyonce, dos atores Zac Efron e Vanessa Hudgens, da trilogia "High School Musical", e de Amanda Seyfried e  Dominic Cooper, de "Mamma Mia!". O diretor Baz Lurhman ("Moulin Rouge - Amor em Vermelho") ficou a cargo do número, que relembrou vários musicais.

Apesar de começar com cerca de meia hora de atraso, a cerimônia prezou pela rapidez na entrega dos prêmios. Outra novidade ocorreu nas categorias de melhor ator, atriz e coadjuvantes. Vencedores de anos anteriores, como Nicole Kidman e Robert De Niro, apresentaram os indicados, dando um toque de emoção à festa.

Sean Penn desbancou Mickey Rourke e ganhou o segundo Oscar de sua carreira como melhor ator por sua interpretação de um ativista dos direitos homossexuais em "Milk - a Voz da Igualdade". Ele já havia sido premiado em 2004, por "Sobre Meninos e Lobos".

Em um discurso politizado, Penn falou sobre a necessidade de direitos iguais para os homossexuais, disse ter orgulho de morar em um país que elegeu Barack Obama como presidente e ainda chamou Mickey Rourke, que perdeu a estatueta para ele, de "irmão".

Já Kate Winslet finalmente ganhou o tão esperado Oscar de melhor atriz, em sua sexta indicação, por seu papel de uma ex-guarda nazista em "O Leitor". Após um discurso emocionado de agradecimento, ela brincou que a concorrente Meryl Streep deveria "engolir" a derrota.

Em relação aos coadjuvantes, o Oscar não fugiu das previsões. A espanhola Penélope Cruz venceu por seu papel em "Vicky Cristina Barcelona", de Woody Allen. Em um dos momentos mais esperados da noite, Heath Ledger - morto em janeiro de 2008 - ganhou um Oscar póstumo por sua interpretação do Coringa em "Batman - o Cavaleiro das Trevas". O prêmio foi recebido por sua mãe, Sally, seu pai, Kim, e a irmã Kate.

O japonês "Departures" venceu na categoria de melhor filme em língua estrangeira, desbancando o israelense "Valsa com Bashir". Já "Wall-E" ganhou a estatueta de animação. Foi o quarto Oscar da Pixar desde a criação da categoria, em 2002.

Confira a lista de vencedores:

Melhor filme
"Quem Quer Ser um Milionário?"

Melhor diretor
Danny Boyle ("Quem Quer Ser um Milionário?")

Melhor ator
Sean Penn ("Milk - a Voz da Igualdade")

Melhor atriz
Kate Winslet ("O Leitor")

Melhor ator coadjuvante
Heath Ledger ("Batman - o Cavaleiro das Trevas")

Melhor atriz coadjuvante
Penélope Cruz ("Vicky Cristina Barcelona")

Melhor roteiro original
"Milk - a Voz da Igualdade"

Melhor roteiro adaptado
"Quem Quer Ser um Milionário?"

Melhor filme de animação
"Wall-E"

Melhor filme estrangeiro
"Departures" (Japão)

Melhor direção de arte
"O Curioso Caso de Benjamin Button"

Melhor fotografia
"Quem Quer Ser um Milionário?"

Melhor mixagem de som
"Quem Quer Ser um Milionário?"

Melhor edição de som
"Batman - o Cavaleiro das Trevas"

Melhor trilha sonora original
A.R. Rahman ("Quem Quer Ser um Milionário?")

Melhor canção original
"Jai Ho", de A.R. Rahman ("Quem Quer Ser um Milionário?")

Melhor figurino
"A Duquesa"

Melhor montagem
"Quem Quer Ser um Milionário?"

Melhor maquiagem
"O Curioso Caso de Benjamin Button"

Melhores efeitos visuais
"O Curioso Caso de Benjamin Button"

Melhor documentário
"Man on Wire"

Melhor documentário curta-metragem
"Smile Pinki"

Melhor curta-metragem de animação
"La Maison en Petits Cubes"

Melhor curta-metragem
"Spielzeugland (Toyland)"

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;