Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 27 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

'Vanessa Damo não sairá do partido'


Paula Cabrera
Do Diário do Grande ABC

19/02/2009 | 07:00


A presidente estadual do PV, Regina Gonçalves, negou ontem que exista qualquer planejamento dentro da sigla para afastar a deputada estadual Vanessa Damo do partido. Os comentários circularam nos bastidores políticos e Vanessa chegou a comparecer no partido para se informar sobre o assunto.

Segundo Regina, o ex-prefeito Leonel Damo (PV) também não corre risco de expulsão. "Leonel foi chamado para prestar esclarecimentos sobre situações levantadas dentro do partido. Mas existe todo um processo a ser seguido antes da desfiliação. A primeira conversa será informal e o ex-prefeito será apenas informado do que foi levantado contra ele para que possa fazer sua defesa."

Segundo a presidente, a suspensão do diretório de Mauá não possui qualquer ligação com a nomeação de José Carlos Orosco como presidente municipal e que a postura dos ex-diretores durante a campanha não está sob análise. "Houve sim um mal-estar dentro do partido durante as eleições porque soubemos pela imprensa da decisão do ex-prefeito de não participar das eleições. Buscou-se uma solução e o nome de Vanessa foi colocado na pauta como possível candidata, infelizmente, por uma questão jurídica ela não pôde concorrer, então preferimos não lançar nenhum candidato." A decisão foi necessária pois, para que Vanessa concorresse, Damo deveria renunciar do papel de prefeito dentro do prazo de desincompatibilização de cargos, o que não aconteceu.

PROBLEMA SUPERADO - O novo presidente da sigla na cidade, José Carlos Orosco, explicou que todos os diretórios do PV passam por uma reestruturação técnica e estão suspensos. "Fui pessoalmente hoje (ontem) conversar com a Regina e saber o que estava acontecendo. Todos os diretórios estão suspensos porque estamos fazendo uma reestruturação. Mudamos os diretores, apresentamos um novo plano, com a criação de conselhos para mulheres e juventude. Mas isso não aconteceu apenas em Mauá."

Segundo Orosco, Damo deve participar de uma reunião na executiva estadual em 10 de março. "Recebi um fax no diretório no dia 12 de fevereiro. Mas o documento diz que é um convite, não uma intimação. O que esclarecemos é que Vanessa deve continuar no PV e ser candidata a deputada estadual. Doa a quem doer."    



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;