Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Alemanha tem superávit comercial de ? 15,7 bi em janeiro



11/03/2013 | 05:46


As exportações alemãs registraram sua maior alta anual em janeiro desde outubro de 2012 por causa de fortes encomendas de fora da zona do euro, sinalizando que a atividade comercial da maior economia da zona do euro está se recuperando depois de um quarto trimestre desafiador, de acordo com dados do escritório federal de estatísticas publicados nesta segunda-feira.

As exportações saltaram 3,1% em janeiro ante o mesmo mês de 2012, devido em parte às encomendas de países europeus de fora da zona do euro, que aumentaram 5,5%, e de países não europeus, que avançaram 4,5%.

O aumento mensal de 1,4% no total das exportações alemãs em janeiro, a maior alta mensal desde agosto, indica ainda que o ímpeto das exportações pode estar voltando, após um aumento lento de 0,2% em dezembro e uma queda de 2,2% em novembro na comparação mensal. Os dados mensais são ajustados à sazonalidade, assim como aos efeitos de calendário.

"Em poucas palavras, a atividade comercial já recuperou um certo ímpeto em janeiro após o péssimo desempenho registrado no quarto trimestre", afirmou Annalisa Piazza, economista da Newedge.

Os dados continuam a mostrar que a crise econômica da zona do euro está retardando o crescimento das exportações alemãs, tendo em vista que as exportações para a região subiram apenas 0,4%, em comparação com o mesmo mês de 2012.

Importações alemãs foram mais robustas em janeiro, com alta de 3,3% ante o mês anterior, mostraram os dados ajustados, um sinal de que o comércio líquido poderia ser um entrave ao crescimento econômico no primeiro trimestre, acrescentou Piazza. As importações aumentaram 2,9% em relação a janeiro de 2012, principalmente por causa do comércio com países europeus de fora da zona do euro.

O superávit comercial da Alemanha diminuiu para um valor ajustado de 15,7 bilhões de euros (US$ 20,4 bilhões) em janeiro de um valor revisado para cima de 16,9 bilhões de euros em dezembro. O resultado ficou abaixo das previsões dos analistas de um superávit comercial ajustado de 16,1 bilhões de euros em janeiro.

O superávit em conta corrente ficou em 11,3 bilhões de euros em janeiro, superando as expectativas de 10,8 bilhões de euros. As informações são da Dow Jones.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;