Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Campanella sofre com empurra-empurra


Marco Borba
Do Diário do Grande ABC

16/01/2009 | 07:00


O São Caetano vai estrear em casa, na segunda rodada do Campeonato Paulista, no dia 24 (18h30), no clássico contra o Santo André, com a reforma do Estádio Anacleto Campanella inacabada. É que as arquibancadas amarelas, tomadas pela ferrugem e interditadas há cerca de dois anos, continuam sem condições de receber o público. O prédio onde funcionavam as cabines de imprensa, que apresenta infiltrações e já no ano passado deixou de ser utilizado, continua da mesma forma.

A Prefeitura informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que não gastará nem mais um centavo no local e que a diretoria do clube se comprometeu a fazer o restante das reformas - na arquibancada amarela e no antigo prédio da imprensa.

A diretoria do clube, no entanto, negou ter assumido tal compromisso e informou que é responsável apenas pela manutenção do gramado. Alegou ainda que como clube-empresa não pode investir em melhorias no estádio, que pertence à prefeitura, portanto, um espaço público.

LAURO GOMES - As condições do Estádio Anacleto Campanella constrastam com as do restante do Complexo Esportivo Lauro Gomes, que possui equipamentos de causar inveja a outras agremiações, como uma piscina olímpica aquecida e o ginásio Milton Feijão, que já recebeu jogos das seleções de vôlei e de futsal do Brasil.

MELHORIAS - No ano passado, a Prefeitura reformou as marquises das cadeiras cobertas, transferiu as antigas cabines de rádio e de imprensa escrita para as salas situadas atrás das numeradas, construiu no mesmo espaço camarotes para a diretoria do clube e para a diretoria de visitantes, instalou novos equipamentos contra incêndio e iluminação e reformou as arquibancadas vermelhas, que já apresentavam pontos de ferrugem. Também providenciou novas saídas de emergência e rampas para facilitar o acesso de cadeirantes ao setor coberto. O clube, por sua vez, bancou a instalação de internet nas salas de imprensa.

CAPACIDADE - O Anacleto Campanella tem capacidade para 19.425 torcedores. Com as reformas, pode receber somente 15 mil pessoas.

No ano passado, o São Caetano mandou todos os confrontos do Estadual fora da cidade. Jogou nas vizinha Santo André (Bruno Daniel), Santos (Ulrico Mursa), Sorocaba (Walter Ribeiro) e Ribeirão Preto (Santa Cruz).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;