Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 27 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Paulo Pinheiro assegura comando do PTN

Dissolução via estadual alçou chefe de Gabinete do Paço de S.Caetano à presidência da sigla


Gustavo Pinchiaro
Do Diário do Grande ABC

08/03/2013 | 06:56


 

O chefe de Gabinete do prefeito de São Caetano, Paulo Pinheiro (PMDB), Eduardo Casonato, passou a comandar o PTN municipal após a executiva estadual dissolver a comissão provisória local. Além de garantir a agremiação no leque governista, a manobra expõe o primeiro passo do peemedebista em criar grupo de partidos de retaguarda.

O planejamento de Casonato, que também deve ganhar posto na executiva estadual, é buscar quadros jovens e estratégicos para somar na legenda e reforçar apoio à reeleição de Pinheiro. Assim como ocorreu em gestões passadas, o governo passa a incluir nomes de confiança no comando de siglas para fortalecer e definir um bloco governista.

O PTN deu apoio à candidatura de Pinheiro no ano passado, ao lado do PMDB, PCdoB e PPL. A presidente era Eliane Volpate. A ex-mandatária, inclusive, chegou a ser cogitada para ser candidata a vice do peemedebista, mas perdeu a indicação para Lucia Dal'Mas (PMDB) e acabou disputando uma das cadeiras da Câmara.

Porém, com cinco postulantes ao Legislativo, o partido conseguiu 336 votos. Na conta de nomes influentes do Palácio da Cerâmica, o desempenho não foi satisfatório e acabou deixando os aliados de fora da máquina administrativa.

Eliane reclamou da maneira como perdeu o posto. "Fui comunicada por telefone pelo Casonato e ninguém da executiva estadual me informou." Ela e o ex-secretário-geral Wilson Pompermayer consultaram o vereador e advogado Eder Xavier (PCdoB) sobre a possibilidade de questionar a intervenção na Justiça.

"Nós trabalhamos para tirar o PTN da gaveta, porque ele não existia em São Caetano. Nos organizamos na cidade e tínhamos cerca de 100 filiados. A nossa pretensão era criar o diretório permanente em São Caetano, mas não deu tempo", explicou Volpate. Apesar da insatisfação, o grupo dissolvido ainda não definiu se deixará os quadros partidários. "Tem muita gente nos querendo, mas estamos analisando."

 

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;