Fechar
Publicidade

Sábado, 23 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Desemprego baixa a nível recorde


Luciele Velluto
Do Diário do Grande ABC

27/03/2008 | 07:01


O Grande ABC conseguiu mais uma vez registrar recorde de desemprego no último mês. A terceira baixa consecutiva no número de desempregados da região permitiu que se chegasse ao menor nível da história do levantamento: 11,8%.

É o que aponta a pesquisa realizada pela Fundação Seade (Sistema Estadual de Análise de Dados) em conjunto com o Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos). Mil pessoas a menos foram contabilizadas como desempregadas – de 158 mil em janeiro, quando a taxa era 12,2%, o total foi para 157 mil em fevereiro.

“São 37 mil novas vagas criadas no Grande ABC. A evolução só não foi maior porque entraram mais 36 mil pessoas no mercado em busca de emprego”, explica Alexandre Loloian, coordenador da equipe de análise do Seade.

Segundo Loloian, a queda no desemprego no mês passado é atípica, pois janeiro e fevereiro são tradicionalmente meses de elevação no número de desempregados em todo o País.

Para o coordenador, a região tem se beneficiado com o aquecimento de alguns segmentos como a indústria metal-mecânica (2,1%) e química e da borracha (3,5%), setores de grande peso nas sete cidades. “Também houve crescimento do emprego no comércio em toda a Região Metropolitana. E o Grande ABC tem um importante centro comercial.”

No entanto, desta vez a taxa de participação das pessoas com idade para trabalhar se elevou na região. Passou de 59,9% em janeiro para 61,1% no último mês, retornando próximo ao patamar verificado em setembro do ano passado.

Já na comparação com fevereiro de 2007 – quando se registrou 15,3% no índice de pessoas sem ocupação –, a variação entre as taxas foi de 22,9%, o que mostra uma elevação forte na geração de empregos nas sete cidades no último ano.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;