Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Hollande deve conversar com Putin sobre Síria



28/02/2013 | 03:31


O presidente francês, François Hollande, disse que espera discutir a transição política na Síria com o presidente russo Vladimir Putin em Moscou, cuja postura sobre a Síria é crucial para o acordo de paz.

 

Falando antes do encontro com Putin no Kremlin nesta quinta-feira, Hollande disse à estação de rádio Ekho Moskvy que a posição de Putin sobre a Síria pode determinar quando a paz virá para o país.

 

A Rússia, defensora mais influente do presidente sírio, Bashar Assad, tem rejeitado todos os planos de acordo envolvendo a partida de Assad. O conflito na Síria já custou mais de 70 mil vidas, segundo a ONU.

 

Hollande disse nesta quinta-feira que ele está sendo encorajado pelo fato de que a Rússia reconheceu a influência da oposição síria, mas gostaria de ver o país de Putin apoiando as negociações sobre a transição política. As informações são da Associated Press.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Hollande deve conversar com Putin sobre Síria


28/02/2013 | 03:31


O presidente francês, François Hollande, disse que espera discutir a transição política na Síria com o presidente russo Vladimir Putin em Moscou, cuja postura sobre a Síria é crucial para o acordo de paz.

 

Falando antes do encontro com Putin no Kremlin nesta quinta-feira, Hollande disse à estação de rádio Ekho Moskvy que a posição de Putin sobre a Síria pode determinar quando a paz virá para o país.

 

A Rússia, defensora mais influente do presidente sírio, Bashar Assad, tem rejeitado todos os planos de acordo envolvendo a partida de Assad. O conflito na Síria já custou mais de 70 mil vidas, segundo a ONU.

 

Hollande disse nesta quinta-feira que ele está sendo encorajado pelo fato de que a Rússia reconheceu a influência da oposição síria, mas gostaria de ver o país de Putin apoiando as negociações sobre a transição política. As informações são da Associated Press.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;