Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Estrangeiros vão entrar em gestores de fundos chineses



26/02/2013 | 03:00


A China pode permitir, em breve, que bancos estrangeiros distribuam produtos para empresas nacionais de gestão de fundos, um movimento há muito tempo aguardado e que vai oferecer aos credores estrangeiros acesso a um mercado lucrativo e de rápido crescimento no país.

"Já no próximo mês, o regulador de valores mobiliários da China deve lançar orientações para os bancos estrangeiros elegíveis explorarem o mercado doméstico de distribuição de fundos", disse à Dow Jones uma pessoa com conhecimento direto do assunto.

Isso vai permitir aos bancos estrangeiros entrar em um nicho de rápido crescimento na segunda maior economia do mundo. As 72 empresas de gestão de fundos da China obtiveram US$ 575,8 bilhões no final do ano passado, 31% a mais que no final de 2011.

Os principais bancos estrangeiros que operam na China, incluindo Citigroup, Standard Chartered e Overseas United Bank, já apresentaram pedidos para o órgão regulador, informou a fonte. As informações são da Dow Jones.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Estrangeiros vão entrar em gestores de fundos chineses


26/02/2013 | 03:00


A China pode permitir, em breve, que bancos estrangeiros distribuam produtos para empresas nacionais de gestão de fundos, um movimento há muito tempo aguardado e que vai oferecer aos credores estrangeiros acesso a um mercado lucrativo e de rápido crescimento no país.

"Já no próximo mês, o regulador de valores mobiliários da China deve lançar orientações para os bancos estrangeiros elegíveis explorarem o mercado doméstico de distribuição de fundos", disse à Dow Jones uma pessoa com conhecimento direto do assunto.

Isso vai permitir aos bancos estrangeiros entrar em um nicho de rápido crescimento na segunda maior economia do mundo. As 72 empresas de gestão de fundos da China obtiveram US$ 575,8 bilhões no final do ano passado, 31% a mais que no final de 2011.

Os principais bancos estrangeiros que operam na China, incluindo Citigroup, Standard Chartered e Overseas United Bank, já apresentaram pedidos para o órgão regulador, informou a fonte. As informações são da Dow Jones.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;