Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 13 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Turismo

turismo@dgabc.com.br | 4435-8367

Paz regada a adrenalina


Carolina Godoy
Enviada a Caconde

07/02/2008 | 07:02


Uma típica e agradável cidadezinha do interior, com crianças tomando sorvete nas ruas, casais namorando ao redor do coreto e um aglomerado de jovens conversando em uma tradicional praça da igreja matriz.

Caconde seria apenas mais um desses deliciosos redutos caipiras se já não tivesse se transformado num dos melhores roteiros de ecoturismo e aventura do Estado de São Paulo.

Rafting, cascading, rapel, trekking, paraglider e bóia-cross são apenas algumas das atividades que os amantes da natureza e dos esportes radicais encontram a menos de 300 quilômetros da capital paulista.

Localizada ao pé da Serra da Mantiqueira e na divisa com Minas Gerais, Caconde foi contemplada com belíssimas cachoeiras, trilhas encravadas em mata nativa, um rio que mantém nível constante de água nos 365 dias do ano, além de ter uma represa ideal à prática de esportes náuticos.

O clima especial da cidade também merece destaque. Graças às temperaturas amenas, Caconde foi elevada à categoria de estância climática. O turista se delicia com o friozinho das montanhas ao acordar, curte um radiante sol ao meio-dia e vai dormir novamente com os termômetros sugerindo uma lareira e um vinho quente. Uma ótima pedida para uma romântica viagem a dois.

Além de seus belos cenários naturais, o município é bastante lembrado por sua porção mística. A Praça do Mirante, a 14 quilômetros do Centro, é o local ideal para quem procura paz para meditar e repouso para recarregar as energias. Segundo os esotéricos, trata-se de um ponto onde os bons fluidos se encontram e de “um cenário que aproxima as pessoas de Deus”.

Céticos também são bem-vindos na praça. Por ter sido construída a 1.195 metros de altitude, ela propicia aos visitantes uma espetacular vista panorâmica do lugar. Sob um tranqüilizante silêncio, é possível passar horas contemplando a ‘parede’ verde da Serra da Mantiqueira, as plantações de café, que, vistas de cima, parecem formar um desenho, e as águas azuis da represa.

Nos fins de semana, turistas e moradores sobem até a praça durante a madrugada apenas para aguardar o nascer do Sol. Os primeiros raios de luz se refletem na represa e fazem surgir um suntuoso tapete dourado. Quem já foi garante que a experiência é única.

A jornalista viajou a convite da Aprecesp (Associação das Prefeituras das Cidades Estâncias de São Paulo)


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Paz regada a adrenalina

Carolina Godoy
Enviada a Caconde

07/02/2008 | 07:02


Uma típica e agradável cidadezinha do interior, com crianças tomando sorvete nas ruas, casais namorando ao redor do coreto e um aglomerado de jovens conversando em uma tradicional praça da igreja matriz.

Caconde seria apenas mais um desses deliciosos redutos caipiras se já não tivesse se transformado num dos melhores roteiros de ecoturismo e aventura do Estado de São Paulo.

Rafting, cascading, rapel, trekking, paraglider e bóia-cross são apenas algumas das atividades que os amantes da natureza e dos esportes radicais encontram a menos de 300 quilômetros da capital paulista.

Localizada ao pé da Serra da Mantiqueira e na divisa com Minas Gerais, Caconde foi contemplada com belíssimas cachoeiras, trilhas encravadas em mata nativa, um rio que mantém nível constante de água nos 365 dias do ano, além de ter uma represa ideal à prática de esportes náuticos.

O clima especial da cidade também merece destaque. Graças às temperaturas amenas, Caconde foi elevada à categoria de estância climática. O turista se delicia com o friozinho das montanhas ao acordar, curte um radiante sol ao meio-dia e vai dormir novamente com os termômetros sugerindo uma lareira e um vinho quente. Uma ótima pedida para uma romântica viagem a dois.

Além de seus belos cenários naturais, o município é bastante lembrado por sua porção mística. A Praça do Mirante, a 14 quilômetros do Centro, é o local ideal para quem procura paz para meditar e repouso para recarregar as energias. Segundo os esotéricos, trata-se de um ponto onde os bons fluidos se encontram e de “um cenário que aproxima as pessoas de Deus”.

Céticos também são bem-vindos na praça. Por ter sido construída a 1.195 metros de altitude, ela propicia aos visitantes uma espetacular vista panorâmica do lugar. Sob um tranqüilizante silêncio, é possível passar horas contemplando a ‘parede’ verde da Serra da Mantiqueira, as plantações de café, que, vistas de cima, parecem formar um desenho, e as águas azuis da represa.

Nos fins de semana, turistas e moradores sobem até a praça durante a madrugada apenas para aguardar o nascer do Sol. Os primeiros raios de luz se refletem na represa e fazem surgir um suntuoso tapete dourado. Quem já foi garante que a experiência é única.

A jornalista viajou a convite da Aprecesp (Associação das Prefeituras das Cidades Estâncias de São Paulo)

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;