Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Sesc Santo André tem Carnaval à moda antiga


Roseane Castilho
Especial para o Diário

01/02/2008 | 07:08


A partir deste sábado o Sesc Santo André é uma ótima opção para os saudosistas que adoram relembrar as antigas diversões carnavalescas, ou mesmo para quem quer conhecer as tradições. O Carnaval à moda antiga será embalado por marchinhas, frevos, sambas e muita batucada. Na decoração, serpentinas e confetes. A entrada para todas as apresentações é livre e franca.

O público pode pular e cantar com diversos grupos musicais que criam o clima para um grande baile de Carnaval.

INTERATIVIDADE

Um dos diferenciais do Carnaval no Sesc é a possibilidade de interação dos espectadores com o grupo que está animando a festa.

A maioria das bandas se apresentará no meio dos foliões, que poderão sentir de perto a energia e a vibração do Carnaval.

Amanhã, às 16h, se apresenta o grupo Urucungos, Puítas e Quijengues. Fundado na cidade de Campinas, em 1988, o coletivo tem como objetivo principal a preservação, o resgate e a divulgação da cultura popular brasileira.

Com figurinos coloridos e percussão e canto vibrantes, o conjunto deve encantar e agitar a festa com sambas rurais paulistas.

Na segunda, também às 16h, o grupo Umoja vem envolver a platéia em uma grande corrente, iniciando assim a Festa Umoja.

O objetivo do encontro é trazer para o salão a força da cultura negra. Para finalizar, na terça, às 16h, nada melhor do que relembrar a tradição dos coletivos carnavalescos com o Cordão Ziriguidum.

Formado em 2000 pelo famoso sambista Osvaldinho da Cuíca, o grupo remonta as formações que traziam instrumentos de sopro, metais, percussão, baliza e a Corte Negra (grupo que trajava roupas da corte portuguesa no desfile).

NO PALCOOs únicos a se apresentarem no palco serão os integrantes da Banda Confete e Serpentina, cuja formação reúne teclado, guitarra, bateria, trompete e sax. O grupo se apresenta no domingo, às 16h, puxado pela voz da cantora Anaí Rosa.


Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;