Fechar
Publicidade

Sábado, 27 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Eleitores legalizam títulos cancelados


Beto Silva
Do Diário do Grande ABC

09/01/2008 | 07:03


Os 32.833 eleitores de São Caetano que tiveram o título cancelado já começaram a corrida para regularizar o documento, para terem direito a voto na eleição municipal de outubro (prefeito e vereadores).

Cerca de 80 pessoas por dia comparecem aos dois cartórios eleitorais da cidade, depois de terem perdido o prazo do recadastramento, no período de 16 de outubro a 14 de dezembro, que culminou na anulação do documento. Os eleitores têm até o dia 7 de maio para regularizar a situação e não terão de pagar multa.

“A expectativa é de que 80% dos eleitores coloquem o título em dia”, analisa o chefe da 166ª Zona Eleitoral, Walmir Quadros Bulhões. “A procura já está bastante intensa”, completa o responsável pela 269ª Seção, Ednaldo Simões de Souza.

O QUE FAZER

Os dois cartórios funcionam no mesmo endereço (Rua Niterói, 48, Centro), de segunda-feira a sexta-feira, das 11h30 às 17h30.

Os documentos necessários para reativar o título são: RG ou CNH (Carteira Nacional de Habilitação), CPF e comprovante de residência do período de outubro de 2006 a julho de 2007.

SITUAÇÃOAntes do recadastramento do ano passado, São Caetano tinha 116.999 eleitores. A recontagem contabilizou 84.166 registros. A cidade foi a única da região a realizar o procedimento, determinado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), para garantir que os eleitores votem na cidade onde residem. O recadastramento é realizado em municípios cujo número total de eleitores é maior que 80% da população e as transferências de local de votação forem mais de 10% superiores no ano corrente em relação ao anterior.


Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;