Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 15 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Marido traído atira em suposto amante depois de briga


Rafael Ribeiro
Do Diário do Grande ABC

22/02/2013 | 07:00


A raiva de uma suposta traição no casamento quase terminou em tragédia na madrugada de ontem, no Jardim Campanário, em Diadema, quando o marido foi até a um bar na Rua Cambara e atirou no carpinteiro Ariclenes Gomes Ferreira, 27 anos, acusado de ser o amante.

A bala acertou o braço direito de Ferreira, que foi socorrido à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Paineiras e liberado após curativo. Mas poderia ser pior, já que o pistola calibre 380 falhou na hora em que o homem apertou o gatilho.

Segundo seu próprio relato aos policiais militares, Ferreira estava no estabelecimento por volta das 23h50, quando o tal homem, que ele diz conhecer apenas de vista, chegou em uma moto preta. "Você estava saindo com a minha mulher?", perguntou, de acordo com o inquérito. Diante da suposta confirmação do carpinteiro, a briga teve início.
Ferreira quebrou um copo na cabeça do marido traído após levar um chute, o que deixou o atirador ainda mais irritado, fazendo-o sacar a arma e atirar.

No 3º DP (Jardim Canhema) da cidade, onde o caso foi registrado, o carpinteiro alegou que apesar de confirmar a traição ao marido, não se lembra do tal caso com a mulher dele.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Marido traído atira em suposto amante depois de briga

Rafael Ribeiro
Do Diário do Grande ABC

22/02/2013 | 07:00


A raiva de uma suposta traição no casamento quase terminou em tragédia na madrugada de ontem, no Jardim Campanário, em Diadema, quando o marido foi até a um bar na Rua Cambara e atirou no carpinteiro Ariclenes Gomes Ferreira, 27 anos, acusado de ser o amante.

A bala acertou o braço direito de Ferreira, que foi socorrido à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Paineiras e liberado após curativo. Mas poderia ser pior, já que o pistola calibre 380 falhou na hora em que o homem apertou o gatilho.

Segundo seu próprio relato aos policiais militares, Ferreira estava no estabelecimento por volta das 23h50, quando o tal homem, que ele diz conhecer apenas de vista, chegou em uma moto preta. "Você estava saindo com a minha mulher?", perguntou, de acordo com o inquérito. Diante da suposta confirmação do carpinteiro, a briga teve início.
Ferreira quebrou um copo na cabeça do marido traído após levar um chute, o que deixou o atirador ainda mais irritado, fazendo-o sacar a arma e atirar.

No 3º DP (Jardim Canhema) da cidade, onde o caso foi registrado, o carpinteiro alegou que apesar de confirmar a traição ao marido, não se lembra do tal caso com a mulher dele.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;