Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 25 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Necessidade de títulos estrangeiros diminuiu, diz Abe



20/02/2013 | 03:38


O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, disse nesta quarta-feira que há menos necessidade de o governo e o setor privado, em conjunto, criarem um fundo para investir em títulos estrangeiros, uma vez que o fortalecimento do iene foi corrigido.

Falando em uma sessão parlamentar, Abe disse que "tal necessidade diminuiu consideravelmente", acrescentando que "a necessidade deve diminuir uma vez que o ousado relaxamento monetário (do Banco do Japão) já saiu do papel".

Durante a campanha eleitoral, no ano passado, o Partido Liberal Democrático, liderado por Abe, listou a criação de tal fundo em sua agenda política para tirar a economia do Japão da deflação e corrigir o aumento do iene.

Operadores de câmbio viram a medida como um potencial motor para pressionar o iene para baixo. Mas tais expectativas têm diminuído na sequência da última declaração do Grupo dos Sete países mais desenvolvidos do mundo de que as taxas de câmbio não devem ser alvo de políticas fiscais e monetárias.

O ministro das Finanças, Taro Aso, disse na mesma sessão parlamentar que a queda do iene é "resultado de medidas políticas destinadas a escapar deflação, e não de intervenção no câmbio". Aso também citou a intervenção cambial empreendida pelo governo anterior como "ineficaz", salientando que o governo atual conseguiu pressionar o iene para baixo sem intervenção.

As informações são da Dow Jones.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;