Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 6 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Orçamento do PAC atinge R$ 15,7 bilhões em cinco meses



05/06/2008 | 07:03


O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, disse que a dotação orçamentária total do PAC atingiu R$ 15,77 bilhões nos primeiros cinco meses de 2008. O governo empenhou no período R$ 4,39 bilhões e pagou o total de R$ 3,14 bilhões.

Ao apresentar ontem o quarto balanço do PAC, junto com a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, o ministro ressaltou as medidas de desoneração tributária e de estímulo ao crédito e ao financiamento desde 2007, como a redução da TJLP (Taxa de Juros de Longo Prazo) para 6,25% ao ano em 2007.

O volume de operações de crédito contratadas pelo BNDES cresceu 26,45% em 2007 frente a 2006, somando R$ 64,89 bilhões. Bernardo atribuiu esse crescimento nas operações de crédito do BNDES à redução da TJLP.

Ele destacou também como medidas de desoneração tributária o reajuste da tabela do Imposto de Renda da Pessoa Física, a Lei Geral de Micro e Pequenas Empresas e o Programa de Incentivo ao setor de semicondutores. E ressaltou a importância da definição do marco regulatório para o setor de saneamento, que possibilitou o aumento do investimento privado na área, que cresceu de R$ 68 milhões em 2006 para R$ 767 milhões em 2007.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Orçamento do PAC atinge R$ 15,7 bilhões em cinco meses


05/06/2008 | 07:03


O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, disse que a dotação orçamentária total do PAC atingiu R$ 15,77 bilhões nos primeiros cinco meses de 2008. O governo empenhou no período R$ 4,39 bilhões e pagou o total de R$ 3,14 bilhões.

Ao apresentar ontem o quarto balanço do PAC, junto com a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, o ministro ressaltou as medidas de desoneração tributária e de estímulo ao crédito e ao financiamento desde 2007, como a redução da TJLP (Taxa de Juros de Longo Prazo) para 6,25% ao ano em 2007.

O volume de operações de crédito contratadas pelo BNDES cresceu 26,45% em 2007 frente a 2006, somando R$ 64,89 bilhões. Bernardo atribuiu esse crescimento nas operações de crédito do BNDES à redução da TJLP.

Ele destacou também como medidas de desoneração tributária o reajuste da tabela do Imposto de Renda da Pessoa Física, a Lei Geral de Micro e Pequenas Empresas e o Programa de Incentivo ao setor de semicondutores. E ressaltou a importância da definição do marco regulatório para o setor de saneamento, que possibilitou o aumento do investimento privado na área, que cresceu de R$ 68 milhões em 2006 para R$ 767 milhões em 2007.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;