Fechar
Publicidade

Sábado, 16 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Unidos da Tijuca desfila dentro do tempo regulamentar



11/02/2013 | 01:40


Apesar de problemas no carro abre-alas, que teve dificuldades para entrar na pista da Sapucaí e em alguns momentos se deslocou de forma muito lenta pela passarela, a Unidos da Tijuca cumpriu o tempo regulamentar de desfile sem registrar correria. O carnavalesco Paulo Barros e o presidente da escola, Fernando Horta, atravessaram a avenida atrás da última ala, e comemoraram a apresentação.

Embora a escola não tenha empolgado tanto nem apresentado efeitos tão surpreendentes como em anos anteriores, Paulo Barros foi reverenciado pelo público. Ele classificou o desfile como "perfeito", mas admitiu não ter detalhes sobre a dificuldade que o carro abre-alas enfrentou para entrar na avenida. "É um carro complexo, havia um risco", afirmou. "Meu sentimento é de dever cumprido. Estou satisfeito", afirmou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Unidos da Tijuca desfila dentro do tempo regulamentar


11/02/2013 | 01:40


Apesar de problemas no carro abre-alas, que teve dificuldades para entrar na pista da Sapucaí e em alguns momentos se deslocou de forma muito lenta pela passarela, a Unidos da Tijuca cumpriu o tempo regulamentar de desfile sem registrar correria. O carnavalesco Paulo Barros e o presidente da escola, Fernando Horta, atravessaram a avenida atrás da última ala, e comemoraram a apresentação.

Embora a escola não tenha empolgado tanto nem apresentado efeitos tão surpreendentes como em anos anteriores, Paulo Barros foi reverenciado pelo público. Ele classificou o desfile como "perfeito", mas admitiu não ter detalhes sobre a dificuldade que o carro abre-alas enfrentou para entrar na avenida. "É um carro complexo, havia um risco", afirmou. "Meu sentimento é de dever cumprido. Estou satisfeito", afirmou.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;