Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 21 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Turismo

turismo@dgabc.com.br | 4435-8367

Fique de olho no excesso de bagagem

Quem viaja de avião deve atentar-se ao peso máximo das malas para evitar pagar multa


Gustavo Cipriano
Especial para o Diário

18/09/2014 | 07:00


Quem nunca presenciou ou passou pela situação de abrir as malas em pleno saguão do aeroporto na hora do check-in? O constrangimento é inevitável quando a balança que pesa as bagagens aponta para além do permitido. Por isso, ao planejar as férias, a preocupação com as malas deve estar na lista de prioridades.

O peso limite da bagagem despachada para viagens dentro do território nacional (e países da América do Sul), depende do tamanho da aeronave, da classe em que o passageiro está viajando e da política da companhia aérea. Mas, no geral, a média é de, no máximo, 23 kg, por adulto. Para trechos internacionais (Europa e América do Norte), a soma pula para 32 kg cada mala, com a exigência de apenas duas por passageiro.

Mais do que os valores estarem sujeitos a variação – por garantia, mantenha-se sempre nos 20 kg e 30 kg – os voos domésticos em outros países possuem a mesma regra dos 23 kg. É nessa situação que a maioria dos passageiros é pega de surpresa. O peso passou? O bolso vai doer. O preço varia, mas a companhia aérea pode cobrar taxa de até 0,5% sobre a tarifa do trecho viajado por quilo excedente.

Além disso, para voos domésticos, a bagagem de mão não pode ultrapassar os 5 kg. Caso isso aconteça, a empresa de aviação pode exigir que os itens a mais sejam despachados. É bom também estar atento aos tipos de bagagem e à cobrança dos mesmos. E quem pensa que nas viagens de ônibus o peso está liberado, engana-se: no Terminal Tietê, em São Paulo, por exemplo, cada passageiro tem o direito de levar até 33 kg de bagagem para não pagar multa.

DICAS
Antes de embarcar, coloque, literalmente, na balança o que vai levar. Caso não seja possível, divida os itens e selecione o imprescindível. Leve com você os objetos mais caros e com valor sentimental. Assim, evita-se a preocupação de ter de despachá-los de última hora. Outra dica é carregar cadeados extras na bolsa de mão. Se a dúvida persistir, entre em contato com as companhias aéreas do seu roteiro e tenha certeza qual peso é permitido em cada trecho da viagem.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;