Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 15 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Ex-oficial do Irã é pego com cheque de US$ 70 mi



04/02/2013 | 01:17


O ex-chefe do Banco Central do Irã, Tahmasb Mazaheri, foi pego com um cheque com o valor equivalente a 54 milhões de euros (US$ 70 milhões) por autoridades alemãs, afirmou o jornal semanal Bild am Sonntag.

 

Mazaheri, que foi responsável pelo Banco Central até 2008, foi revistado por agentes de alfândega no aeroporto de Düsseldorf no dia 21 de janeiro depois de chegar no país de um voo que vinha da Turquia, disse o jornal neste domingo.

 

O cheque, no valor de 300 milhões de bolívares venezuelanos, foi descoberto em sua bagagem de mão, de acordo com a reportagem. O departamento de alfândega alemão está investigando se o cheque faz parte de uma operação de lavagem de dinheiro.

 

Após a reportagem ser publicada, Mazaheri disse que o cheque foi concebido para financiar a construção de 10 mil casas para o governo venezuelano. As informações são da Dow Jones.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ex-oficial do Irã é pego com cheque de US$ 70 mi


04/02/2013 | 01:17


O ex-chefe do Banco Central do Irã, Tahmasb Mazaheri, foi pego com um cheque com o valor equivalente a 54 milhões de euros (US$ 70 milhões) por autoridades alemãs, afirmou o jornal semanal Bild am Sonntag.

 

Mazaheri, que foi responsável pelo Banco Central até 2008, foi revistado por agentes de alfândega no aeroporto de Düsseldorf no dia 21 de janeiro depois de chegar no país de um voo que vinha da Turquia, disse o jornal neste domingo.

 

O cheque, no valor de 300 milhões de bolívares venezuelanos, foi descoberto em sua bagagem de mão, de acordo com a reportagem. O departamento de alfândega alemão está investigando se o cheque faz parte de uma operação de lavagem de dinheiro.

 

Após a reportagem ser publicada, Mazaheri disse que o cheque foi concebido para financiar a construção de 10 mil casas para o governo venezuelano. As informações são da Dow Jones.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;