Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

UE enfrenta perigo mortal, diz Schulz



04/02/2013 | 00:42


O presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz, manifestou sua preocupação de que a União Europeia enfrenta um perigo mortal, afirmou o diário alemão General-Anzeiger nesta segunda-feira.

 

O político alemão disse que está preocupado que o público esteja perdendo a fé na ideia da União Europeia, de acordo com o jornal.

 

Ele citou a proposta do primeiro-ministro britânico, David Cameron, de realizar um referendo sobre a permanência do Reino Unido na UE, disse o jornal. Schulz comparou as propostas de Cameron ao ato de "jogar sal em uma ferida aberta".

 

Schulz também criticou a falta de união entre os governos nacionais, o que inibe a UE e provoca uma perda de confiança dos investidores e do público, disse o jornal. As informações são da Dow Jones.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

UE enfrenta perigo mortal, diz Schulz


04/02/2013 | 00:42


O presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz, manifestou sua preocupação de que a União Europeia enfrenta um perigo mortal, afirmou o diário alemão General-Anzeiger nesta segunda-feira.

 

O político alemão disse que está preocupado que o público esteja perdendo a fé na ideia da União Europeia, de acordo com o jornal.

 

Ele citou a proposta do primeiro-ministro britânico, David Cameron, de realizar um referendo sobre a permanência do Reino Unido na UE, disse o jornal. Schulz comparou as propostas de Cameron ao ato de "jogar sal em uma ferida aberta".

 

Schulz também criticou a falta de união entre os governos nacionais, o que inibe a UE e provoca uma perda de confiança dos investidores e do público, disse o jornal. As informações são da Dow Jones.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;