Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Seccional quer intensificar combate ao tráfico


Fábio Munhoz
Do Diário do Grande ABC

02/02/2013 | 09:27


Recém-empossado delegado seccional de Santo André, Ângelo Isola quer intensificar o combate ao tráfico de drogas. A delegacia também é responsável por Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra. Em visita ao Diário na manhã de ontem, Isola informou que irá reforçar a estrutura da Dise (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes) para aprimorar as operações contra traficantes.

"O consumo de drogas está ligado a outros crimes, como roubos e homicídios. Isso porque, sem fazer uso da substância tóxica, muitas vezes o indivíduo não tem coragem de cometer um delito", avalia o delegado.

A meta é ampliar ainda mais as apreensões. Reportagem do Diário publicada na quinta-feira mostrou que as polícias Militar e Civil retiraram 3.003 quilos de drogas das ruas em 2012 - número 32% maior do que o registrado no ano anterior. A maconha representou maior quantidade entre os entorpecentes apreendidos.

Isola está na Polícia Civil desde 1976 e substitui o delegado Guerdson Ferreira no comando da seccional andreense. Guerdson ocupava o cargo desde maio de 2011.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Seccional quer intensificar combate ao tráfico

Fábio Munhoz
Do Diário do Grande ABC

02/02/2013 | 09:27


Recém-empossado delegado seccional de Santo André, Ângelo Isola quer intensificar o combate ao tráfico de drogas. A delegacia também é responsável por Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra. Em visita ao Diário na manhã de ontem, Isola informou que irá reforçar a estrutura da Dise (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes) para aprimorar as operações contra traficantes.

"O consumo de drogas está ligado a outros crimes, como roubos e homicídios. Isso porque, sem fazer uso da substância tóxica, muitas vezes o indivíduo não tem coragem de cometer um delito", avalia o delegado.

A meta é ampliar ainda mais as apreensões. Reportagem do Diário publicada na quinta-feira mostrou que as polícias Militar e Civil retiraram 3.003 quilos de drogas das ruas em 2012 - número 32% maior do que o registrado no ano anterior. A maconha representou maior quantidade entre os entorpecentes apreendidos.

Isola está na Polícia Civil desde 1976 e substitui o delegado Guerdson Ferreira no comando da seccional andreense. Guerdson ocupava o cargo desde maio de 2011.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;