Fechar
Publicidade

Domingo, 24 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Turismo

turismo@dgabc.com.br | 4435-8367

Sabores da 'Provance'

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Combinação de clima, solo e cultura faz do Sul da França o paraíso da gastronomia


Andréa Ciaffone
Do Diário do Grande ABC

28/08/2014 | 07:00


Os químicos, com suas infinitas combinações na tabela periódica, certamente são capazes de explicar e comprovar o que a maior parte das pessoas percebe apenas provando: a comida tem um sabor diferente no Sul da França. Os franceses creditam a peculiaridade à junção de características, como solo, clima, topografia e a graça divina de terroir.

A partir da qualidade excepcional dos ingredientes, surgiu a excelência dos restaurantes, que ostentam as cobiçadas estrelas do Guide Michelin (a Bíblia da alta gastronomia). Para um chef, cozinhar com os produtos dessa região equivale às melhores tintas para um pintor, o mármore de Carrara para um escultor ou um Stradvarius para um violinista.

A melhor forma de entender essa diferença no paladar, porém, é pegar um avião rumo a Marseille ou Nice, com destino às regiões de Provença e de Côte D’Azur. St. Tropez, Cannes e o principado de Mônaco também entram na lista. Quem está com essa viagem marcada e quer preparar o paladar para receber os pratos especiais – ou quem não pode viver a experiência, mas adora uma obra gastronômica – não pode perder a estreia do longa-metragem A 100 Passos de Um Sonho, que chega hoje aos cinemas.

Numa terra em que a sutileza e a sofisticação dos sabores são quase uma religião, a chegada de uma família indiana – que abre um restaurante típico em frente a um estabelecimento luxuoso e clássico que ostenta uma estrela no Guide Michelin – tem o efeito de uma declaração de guerra. A mudança dá início a um conflito de culturas, vontades e visões sobre a comida e a vida que mobiliza a idílica Saint-Antonin-Noble-Val, na Provença.

De um lado da contenda, está Madame Mallory, a esnobe e exigente dona do Le Saule Pleurer, interpretada com precisão e alma por Helen Mirren, que conquistou o Oscar de melhor atriz em 2007 por A Rainha (2006). No outro lado da disputa, aparece Papa Kadam, vivido pelo ator indiano Om Puri.

No meio do campo de batalha, se destaca o talento extraordinário do jovem indiano Hassan, vivido por Manish Dayal. A certo ponto do filme, perguntam a Hassam por que ele não queria ficar na Inglaterra e ele responde: “Lá os vegetais não têm alma”.

As paisagens, o mercado e a paixão pela comida são como personagens da história graças à sensibilidade do sueco Lasse Hallström, que dirigiu os sucessos Chocolate (2000) e Sempre ao Seu Lado (2009). A 100 Passos de Um Sonho é um filme sobre competição e paixão, preconceito e tolerância, sobre Oriente e Ocidente e, acima de tudo, sobre os sabores da Provença e a culinária que inspiram.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;