Fechar
Publicidade

Domingo, 13 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Maranhão sai da vice-lanterna ao conquistar nota 4,9 do eleitorado

Gestão em Rio Grande amplia índice de contentamento do cidadão


Gustavo Pinchiaro
Do Diário do Grande ABC

04/08/2014 | 07:00


A população de Rio Grande da Serra observou melhora no governo do prefeito Gabriel Maranhão (PSDB) e aumentou a nota da gestão de 4,6, dada em novembro, para 4,9. A avaliação tira o tucano da vice-lanterna e o coloca na quarta posição entre os chefe de Executivos da região. O indicativo é de sondagem executada pelo DGABC Pesquisas, a pedido do Diário.

A aprovação da gestão tucana também evoluiu em comparação com dados de novembro. Essa fatia da população passou de 23,1% (2,9% ótimo e 20,2% bom) para 29% (3% ótimo e 26% bom). Entretanto, a rejeição a Maranhão também aumentou. Passou de 34,1% (13,8% ruim e 20,3% péssimo) para 36,6% (17,8% ruim e 18,8% péssimo).

O cenário revelado pela sondagem do DGABC Pesquisas demonstra efeitos de ações desempenhadas pelo prefeito. Maranhão cortou R$ 1.000 de seu próprio salário (passou a receber R$ 15 mil) e R$ 500 do secretariado (passando para R$ 7.500). A cidade tem Orçamento de R$ 68,2 milhões para este ano, o menor da região. Além disso, o tucano conseguiu encaminhar a construção de UPA (Unidade de Pronto Atendimento 24 Horas), com recursos da União, e da Praça do Mirante, que ficará na Avenida Dom Pedro I e tem custo estimado de R$ 4,8 milhões.

Maranhão enfrentou problemas de articulação política em abril e viu dois vereadores governistas engrossarem a bancada de oposição na Câmara. Recentemente, o prefeito se envolveu em polêmica ao declarar voto na presidente Dilma Rousseff (PT), em detrimento ao correligionário e senador Aécio Neves, que também disputa a Presidência da República.

Além disso o tucano sucedeu Adler Kiko Teixeira (PSC), que governou a cidade por oito anos e sempre teve avaliação positiva da população.

CONTRÁRIOS
Quem depositou o voto em Claudinho da Geladeira (PT), principal adversário do prefeito em 2012, deu nota de 3,6 para a gestão tucana. Já os eleitores de Maranhão puxaram a avaliação para cima, oferecendo nota de 5,8.

O DGABC Pesquisas ouviu 400 eleitores no dia 28. A margem de erro é de cinco pontos. O estudo está registrado sob protocolo SP-00012/2014 .



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;