Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 24 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Gaza: mortos em escola da ONU sobem para 15

Da AP  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Segundo oficial de Saúde, Ashraf al-Kidra, outros
40 palestinos ficaram feridos no bombardeio de hoje



30/07/2014 | 04:54


Uma autoridade de saúde da Palestina informou que subiu para 15 pessoas o número de mortos depois de um ataque de tanques contra uma escola da ONU em Gaza, onde centenas de palestinos se refugiaram da ofensiva de Israel contra o Hamas. 

O oficial de saúde Ashraf al-Kidra disse que outros 40 palestinos ficaram feridos no bombardeio na manhã desta quarta-feira.

O porta-voz da Agência da ONU de Assistência aos Refugiados da Palestina, Adnan Abu Hasna, disse que o bombardeio contra a escola Abu Hussein começou por volta das 4h30 (local).

"Nós queremos entender o que aconteceu e quem é o responsável", disse Robert Turner, chefe da Agência de Socorro e Trabalho da ONU.

O Exército de Israel preferiu não comentar o ataque e afirmou que está investigando o ocurrido. Fonte: Associated Press.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Gaza: mortos em escola da ONU sobem para 15

Segundo oficial de Saúde, Ashraf al-Kidra, outros
40 palestinos ficaram feridos no bombardeio de hoje


30/07/2014 | 04:54


Uma autoridade de saúde da Palestina informou que subiu para 15 pessoas o número de mortos depois de um ataque de tanques contra uma escola da ONU em Gaza, onde centenas de palestinos se refugiaram da ofensiva de Israel contra o Hamas. 

O oficial de saúde Ashraf al-Kidra disse que outros 40 palestinos ficaram feridos no bombardeio na manhã desta quarta-feira.

O porta-voz da Agência da ONU de Assistência aos Refugiados da Palestina, Adnan Abu Hasna, disse que o bombardeio contra a escola Abu Hussein começou por volta das 4h30 (local).

"Nós queremos entender o que aconteceu e quem é o responsável", disse Robert Turner, chefe da Agência de Socorro e Trabalho da ONU.

O Exército de Israel preferiu não comentar o ataque e afirmou que está investigando o ocurrido. Fonte: Associated Press.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;