Fechar
Publicidade

Sábado, 27 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Falta manutenção em
parques do Grande ABC

Orlando Filho/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Entre os serviços necessários estão pintura, conserto e
recolocação de brinquedos, além de reforço na segurança


Natália Fernandjes
Do Diário do Grande ABC

09/12/2012 | 07:00


Frequentar os parques municipais espalhados pela região é uma das mais tradicionais e divertidas opções de passeio durante as férias escolares. Apesar da proximidade do período de folga da criançada, alguns desses espaços ainda dependem de manutenção das Prefeituras para não colocarem a integridade física dos baixinhos em risco. Entre os serviços que precisam ser feitos estão pintura, capinagem, conserto e recolocação de brinquedos, além de reforço na segurança por parte das GCMs (Guardas Civis Municipais).

A equipe do Diário percorreu durante a semana 13 locais espalhados por Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá e Ribeirão Pires. Foi constatada necessidade de intervenção em pelo menos seis deles.

No Parque Milton Marinho de Moraes, em Ribeirão Pires, o principal problema é o deck próximo à represa, que está com algumas tábuas de madeira descoladas. Para evitar acidentes, foi colocado tapume para que os visitantes possam caminhar. Além disso, o local onde deveriam estar disponibilizados os brinquedos está vazio. Isso porque a prefeitura removeu os equipamentos e ainda não os colocou de volta.

No Parque do Paço, em Mauá, a pista de skate esta tomada por mato alto. A ausência de vigilantes atrai usuários de drogas, que consomem os entorpecentes à luz do dia. A Prefeitura informou que a poda da grama é realizada a cada 30 dias no período de chuvas e que o patrulhamento é feito regularmente pela GCM.

A segurança, principalmente no período noturno, também foi a queixa de moradores de Santo André sobre o Parque Prefeito Celso Daniel, no Bairro Jardim. "A gente gosta bastante daqui porque está em lugar acessível e tem estacionamento. Mas não dá para ficar depois das 18h por causa do uso de drogas e do comportamento inadequado de casais", denuncia o laminador Aparecido Aciette, 54 anos.

No Parque Regional da Criança, na Vila Curuçá, também em Santo André, além de brinquedos enferrujados, como escorregador e gira-gira, uma das balanças foi amarrada com a própria corrente depois de ter quebrado.

Brinquedos com a pintura descascada são vistos no Chico Mendes, em São Caetano. A grama alta também atrapalha os frequentadores. "Esse lugar já foi mais bem cuidado. Sabemos que é período de chuva, mas, além do mato alto, tem bastante sujeira", critica a dona de casa Ana Carolina Menezes, 61. A Prefeitura informou que a manutenção em todos os parques é feita periodicamente.

Em Diadema, visitantes do Parque Saned, no Jardim Canhema, relatam que dois brinquedos foram removidos após sofrerem danos e ainda não foram repostos, caso de uma das balanças e gangorra. "Apesar de pequeno, gosto daqui porque a areia é limpinha", comenta a dona de casa Talita Alves da Silva, 24, que costuma levar os filhos de 2 e 4 anos para brincar no local pelo menos uma vez por semana.

Procuradas para comentar os problemas observados, as prefeituras de Santo André, Diadema e Ribeirão Pires não responderam até o fechamento desta edição.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;