Política Titulo Convidada
Rosi já projeta ações para Educação de Diadema
Por Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC
04/12/2012 | 07:00
Compartilhar notícia


Atual secretária de Educação de Ribeirão Pires, Rosi de Marco (PV) já traça planos para atuar no setor educacional no governo do prefeito eleito de Diadema, Lauro Michels (PV). Ela recebeu ontem o convite oficial do verde e deve oficializar a troca de município nos próximos dias.

Entre as ações projetadas, Rosi destacou a análise de duas bandeiras do governo de Mário Reali (PT), derrotado por Michels em outubro: a municipalização do Ensino Fundamental e a continuidade do programa Mais Educação (transferência de verba federal para ensino em tempo integral).

"Não sei de que forma foram feitos (a municipalização e o Mais Educação), vamos avaliar tudo. Mas o que estiver dando certo e o que a população conceituar com boa avaliação, daremos continuidade", disse Rosi, que espera pelo anúncio oficial de Michels para comandar a Pasta.

Em Diadema, ela vai gerenciar Orçamento na Secretaria de Educação próximo das receitas administradas pelo prefeito Clóvis Volpi (PV) em Ribeirão Pires. A peça orçamentária de Ribeirão está estimada em R$ 240 milhões para 2013, enquanto a verba do setor educacional de Diadema é de R$ 219 milhões para o ano que vem. Como secretária de Educação ribeirão-pirense, Rosi trabalha com recurso de R$ 46,9 milhões, 78% a menos do que terá de lidar em Diadema. "Existe grande desafio. Estaremos de frente a uma gigantesca rede se comparado a Ribeirão."

Demonstrando conhecimento dos problemas que terá de enfrentar na nova cidade, Rosi elencou a abertura de vagas em creche como prioridade para a Educação do município. A fila de espera está em 5.000 crianças, de acordo com estimativas da Prefeitura de Diadema. "Não podemos fazer das creches depósitos de criança. Precisamos do desenvolvimento integral, para que, quando a criança chegar aos ensinos Fundamental, Médio e Superior, ela tenha formação diferenciada."

O anúncio deve acontecer até o fim da semana. Michels ainda não oficializou Rosi como secretária de Educação porque está montando o restante da equipe que atuará na área. Ele pretende indicar nomes do setor educacional de Diadema para trabalhar ao lado da futura gestora da Pasta. Entre suas conselheiras estará Sônia Costa Pereira, mulher do ex-vice-prefeito Romeu da Costa Pereira.

Rosi é o sétimo nome encaminhado no primeiro escalão de Michels. Os demais são Cacá Vianna (Comunicação), Gesiel Duarte (Planejamento), José Augusto da Silva Ramos (Saúde), Francisco José Rocha (Finanças), Marcos Michels (Governo) e Fernando Machado (Assuntos Jurídicos).

 




Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


;