Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 26 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Di María pode virar opção para técnico Sabella contra alemães

Estadão Conteúdo Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Antes considerado fora da Copa, atacante se recuperou e treinou com bola ontem


Dérek Bittencourt

12/07/2014 | 07:26


Depois de ser descartado da Copa do Mundo por ter sofrido lesão muscular na coxa direita, o meia Di María voltou a treinar ontem com bola e pode ficar à disposição do técnico Alejandro Sabella para a final da Copa do Mundo entre Argentina e Alemanha, amanhã, no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. Ausente na semifinal contra a Holanda, o atleta do Real Madrid realizou tratamento intensivo para participar da disputa pelo título.

Ontem, no treinamento dos hermanos na Cidade do Galo, em Vespasiano, Minas Gerais, Di María fez trabalho à parte – realizou cabeceios e toques curtos, além de corridas fortes e com mudanças bruscas de direção –, enquanto os demais companheiros participavam de outros tipos de atividade, como Messi, Agüero, Lavezzi e Basanta, que disputavam partida de futênis (conhecido pelos brasileiros como futevôlei).

Apesar do treino em campo e com bola, Di María dificilmente iniciará a partida diante dos alemães. Alejandro Sabella deve manter o time que começou o duelo contra os holandeses: Romero; Zabaleta, Demichelis, Garay e Rojo; Mascherano, Biglia e Enzo Pérez; Messi, Lavezzi e Higuaín.

A única dúvida – mesmo que pequena – do comandante argentino deve ser o lateral-esquerdo Rojo, que deixou a atividade de ontem antes do fim. Já há alguns dias o atleta vem reclamando de desconforto no tornozelo direito.

Depois de mais de um mês hospedada na Cidade do Galo – centro de treinamento do Atlético-MG –, a Argentina se despede hoje de Minas Gerais e segue pela manhã para o Rio de Janeiro. No período da tarde, Alejandro Sabella e um jogador (ainda não definido) concederão entrevista coletiva no Estádio do Maracanã – todo o grupo deve comparecer ao local para, ao menos, fazer uma caminhada e conhecer o gramado –, enquanto o último treino dos hermanos antes do jogo será realizado em São Januário, das 18h15 às 19h15.

A programação da seleção argentina prevê retorno para seu país na segunda-feira e, em caso de título, grande festa será preparada nas ruas de Buenos Aires. (com Agências) 


Treinador deixa cargo após Mundial 

Em sua segunda experiência como técnico na carreira e no comando da seleção argentina, Alejandro Sabella quer descanso. Em entrevista ao jornal argentino Olé, o agente do técnico, Eugenio López, afirmou que, independentemente do resultado dos hermanos, o comandante deixa o cargo. Segundo o representante, chegou ao fim um “ciclo”, que iniciou em 2011. Antes, o único (e primeiro) trabalho dele na função foi no Estudiantes de La Plata.

Ele sairá. Aconteça o que acontecer, Sabella deixará a seleção. Seja campeão ou não, acabou um ciclo. Pelo menos é nisso que acredito. Ele pode mudar de opinião, mas acho que não vai”, explicou López a um jornal argentino.

Ainda segundo o agente, a intenção da AFA (Associação de Futebol Argentino) era manter Sabella à frente da equipe, mas o técnico quer outra coisa. “A ideia de Alejandro vai ser diferente da dos dirigentes (da AFA). Mas os ciclos acabam. Ele sempre pensou em terminar o Mundial e se despedir da equipe”, comentou.

As declarações do representante vão de certa forma de encontro com o que disse o treinador após o jogo contra a Holanda, agradecendo a oportunidade que lhe foi dada de comandar a seleção argentina e a felicidade por chegar a uma final de Copa do Mundo de 2014, o que não acontecia desde 1990 – ou seja, há 24 anos.

“Agradeço à Associação de Futebol Argentino, que me deu a oportunidade de dirigir a seleção, e ao povo, que sem dúvida está alegre. Chegamos à final”, afirmou o comandante na coletiva pós-jogo na Arena Corinthians.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Di María pode virar opção para técnico Sabella contra alemães

Antes considerado fora da Copa, atacante se recuperou e treinou com bola ontem

Dérek Bittencourt

12/07/2014 | 07:26


Depois de ser descartado da Copa do Mundo por ter sofrido lesão muscular na coxa direita, o meia Di María voltou a treinar ontem com bola e pode ficar à disposição do técnico Alejandro Sabella para a final da Copa do Mundo entre Argentina e Alemanha, amanhã, no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. Ausente na semifinal contra a Holanda, o atleta do Real Madrid realizou tratamento intensivo para participar da disputa pelo título.

Ontem, no treinamento dos hermanos na Cidade do Galo, em Vespasiano, Minas Gerais, Di María fez trabalho à parte – realizou cabeceios e toques curtos, além de corridas fortes e com mudanças bruscas de direção –, enquanto os demais companheiros participavam de outros tipos de atividade, como Messi, Agüero, Lavezzi e Basanta, que disputavam partida de futênis (conhecido pelos brasileiros como futevôlei).

Apesar do treino em campo e com bola, Di María dificilmente iniciará a partida diante dos alemães. Alejandro Sabella deve manter o time que começou o duelo contra os holandeses: Romero; Zabaleta, Demichelis, Garay e Rojo; Mascherano, Biglia e Enzo Pérez; Messi, Lavezzi e Higuaín.

A única dúvida – mesmo que pequena – do comandante argentino deve ser o lateral-esquerdo Rojo, que deixou a atividade de ontem antes do fim. Já há alguns dias o atleta vem reclamando de desconforto no tornozelo direito.

Depois de mais de um mês hospedada na Cidade do Galo – centro de treinamento do Atlético-MG –, a Argentina se despede hoje de Minas Gerais e segue pela manhã para o Rio de Janeiro. No período da tarde, Alejandro Sabella e um jogador (ainda não definido) concederão entrevista coletiva no Estádio do Maracanã – todo o grupo deve comparecer ao local para, ao menos, fazer uma caminhada e conhecer o gramado –, enquanto o último treino dos hermanos antes do jogo será realizado em São Januário, das 18h15 às 19h15.

A programação da seleção argentina prevê retorno para seu país na segunda-feira e, em caso de título, grande festa será preparada nas ruas de Buenos Aires. (com Agências) 


Treinador deixa cargo após Mundial 

Em sua segunda experiência como técnico na carreira e no comando da seleção argentina, Alejandro Sabella quer descanso. Em entrevista ao jornal argentino Olé, o agente do técnico, Eugenio López, afirmou que, independentemente do resultado dos hermanos, o comandante deixa o cargo. Segundo o representante, chegou ao fim um “ciclo”, que iniciou em 2011. Antes, o único (e primeiro) trabalho dele na função foi no Estudiantes de La Plata.

Ele sairá. Aconteça o que acontecer, Sabella deixará a seleção. Seja campeão ou não, acabou um ciclo. Pelo menos é nisso que acredito. Ele pode mudar de opinião, mas acho que não vai”, explicou López a um jornal argentino.

Ainda segundo o agente, a intenção da AFA (Associação de Futebol Argentino) era manter Sabella à frente da equipe, mas o técnico quer outra coisa. “A ideia de Alejandro vai ser diferente da dos dirigentes (da AFA). Mas os ciclos acabam. Ele sempre pensou em terminar o Mundial e se despedir da equipe”, comentou.

As declarações do representante vão de certa forma de encontro com o que disse o treinador após o jogo contra a Holanda, agradecendo a oportunidade que lhe foi dada de comandar a seleção argentina e a felicidade por chegar a uma final de Copa do Mundo de 2014, o que não acontecia desde 1990 – ou seja, há 24 anos.

“Agradeço à Associação de Futebol Argentino, que me deu a oportunidade de dirigir a seleção, e ao povo, que sem dúvida está alegre. Chegamos à final”, afirmou o comandante na coletiva pós-jogo na Arena Corinthians.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;