Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 26 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Quem será o capitão do hexa?


Ademir Medici

12/07/2014 | 07:00


O pesquisador Luiz Domingos Romano decorou a fachada do seu estúdio, em São Caetano, com as fotos dos capitães brasileiros de futebol que ergueram a taça do mundo: Bellini em 1958, Mauro em 1962, Carlos Alberto em 1970, Dunga em 1994, Cafu em 2002. Romano gostaria muito de acrescentar a foto do capitão do hexacampeonato, Thiago Silva, mas terá que esperar alguns anos mais: será Neymar na Rússia de 2018? Vamos aguardar. Enquanto isso, as imagens de hoje que o filho do eterno massagista Mario Romano enviou à Memória.

A Copa de 1970

A Copa de que me lembro é a de 1970, tinha 7 anos. Morava aqui em Mauá e torcíamos muito, ouvíamos o jogo pelo rádio, pois nem todos tinham televisão. Uma memória forte é a de um chapéu mexicano que meu irmão comprou. Era enorme e, na parte de cima do chapéu, ele pintou uma bandeira do Brasil. É a memória mais antiga que tenho. O engraçado é que a importância do chapéu mexicano marcou tão forte que, quando pude escolher uma boneca, que na época era a Susi, escolhi uma com roupa mexicana só por causa do chapéu.

Cecília Camargo, do Museu Barão de Mauá e da Pinacoteca Municipal

Em 12 de julho de...

1914 – Nasce, em Santo André, Antonio Pezzolo, filho de Nicola e Virgínia Pezzolo, engenheiro, vereador, vice-prefeito e prefeito de Santo André entre 1973 e 1976. Criou e presidiu por muitos anos a Cicpaa, antecessora de órgãos ambientais como a atual Cetesb.

1924 – Nasce, em Santo André, Isidoro Dias Brunoro, um dos fundadores e presidente por seis anos da Sociedade Amigos da Vila Príncipe de Gales.

– Revolução paulista. Manchete doEstadão: a explosão de granadas na cidade; os serviços da Cruz Vermelha e da Guarda Municipal; o abastecimento de víveres para a população. Do noticiário: “Foi grande o alarme provocado, ontem, no Largo do Paissandu, Viaduto Santa Ifigênia e Largo de São Bento de várias granadas de artilharia.”

1969 – Os sete prefeitos do Grande ABC se reúnem em Ribeirão Pires e formalizam apoio para a transformação da cidade em estância climática ou hidromineral.

Hoje

Dia do Engenheiro Florestal

Santos do dia

- João Jones

- João Wail

- Epifânia

- João Gualberto (Itália: Florença 995 – Passignano, Umbria, 12-7-1073). Fundador da Ordem dos Monges Beneditinos de Vallombrosa, nos montes Apeninos. Declarado Padroeiro dos Florestais, em 1951, pelo papa Pio XII.

Um dia para o rock and roll

Texto: Geraldo Nunes

13 de julho, Dia Internacional do Rock. Por quê? É que nessa data, em 1985, Bob Geldof, vocalista da banda Boomtown Rats, organizou aquele que foi, sem dúvida, o maior show de rock da Terra, o Live Aid.

O Live Aid juntou, em um só show, artistas lendários da história do rock mundial.

Além de contar com nomes de peso da música, o Live Aid teve a nobre iniciativa de obter fundos para ajudar pessoas que viviam na miséria ou passavam fome pelo mundo todo.

Ao todo foram duas apresentações, a primeira no lendário Wembley Stadium de Londres, na Inglaterra; o outro no não menos lendário JFK Stadium na Filadélfia, Estados Unidos.

Nas Ondas do Rádio

Viagem no tempo, com Marcelo Lopes Duarte.Vinte e quatro horas por dia na internet: www.viagemnotempo.net . Música instrumental de diversos gêneros, fotografias, notícias no tempo. Aos domingos, Viagem no tempo especial, das 9h às 11h, com reprise das 16h às 18h. Destaques da edição: Roberto Carlos, É tempo de amar (José Ari e Pedro Camargo); Fred Bongusto, Anema e core (D’Esposito e Tito Manlio); Altemar Dutra, Tudo de mim (Jair Amorim e Evaldo Gouvêa).

ESTADÃO AM (700) e FM (92,9). ESTADÃO ACERVO. 24 anos sem Cazuza: curiosidades sobre a carreira e a vida desse nome da MPB; a reabertura do Cine Belas Artes, em São Paulo; a história da pizza no Brasil e no mundo; Um dia para o rock and roll. Apresentação: Geraldo Nunes. Hoje, às 6h; amanhã, às 7h.

RÁDIO ABC (1570) – Causas Nobres. Uma entrevista ao vivo com João Sgrignoli Junior, presidente da Instituição Lar da Criança Emmanuel, de São Bernardo. Produção e apresentação: Antonio Dalto. Hoje ao meio-dia.

BANDEIRANTES AM (840) e FM (90,9). Memória. Reprodução de uma mesa-redonda da qual participaram Pedro Luis, Mauro Pinheiro, Edson Leite e Braga Júnior, discutindo uma desastrada excursão da Seleção Brasileira pela Europa, em 1963. Os resultados foram do mais puro vexame. A indisciplina tomou conta da delegação. Aquela excursão foi o assunto de vários dias nos jornais e a mesa-redonda, da Rádio Bandeirantes, é reproduzida pela primeira vez – mais de meio século depois. Produção e apresentação: Milton Parron. Hoje, às 23h, com reprise amanhã às 5h.

Da obra de Mário Mastrotti, no Diário,

Cubinho em: VIOLÊNCIA URBANA.

O ANO: 1977.

Visite exposição na Biblioteca Central da UMESP. Até 31 de julho;

blog do cubinho: http://personagemcubinho. blogspot.com

News Seller há 50 anos

Domingo, 12 de julho de 1964 – ano 7, nº 322</CF>

Manchete – Ônibus mais caros em Santo André e São Caetano: 50 cruzeiros a passagem

Diário há 30 anos

Quinta-feira, 12 de julho de 1984 – ano 27, nº 5568

Manchete – Aureliano (vice-presidente) responsabiliza Figueiredo (presidente) pela crise do PDS (o partido do governo)

Movimento Sindical – João Lins Pereira reeleito presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Caetano.

Polícia – Presos tentam outra escapada em São Caetano.

Falecimentos

Abdias Alves de Oliveira

(Santa Helena, PB, 16-9-1916 – São Bernardo, 9-7-2014)

Sr. Abdias deixa informações importantes para a história de São Bernardo. A sua mudança para São Paulo, como migrante nordestino, já com boa parte da família constituída. Veio com a esposa e três filhos. Outros dois nascem em Santos. E o caçula em São Paulo, por uma questão previdenciária – Sr. Abdias era funcionário do DER (Departamento de Estradas de Rodagem) e o filho Lelis nasce no Hospital do Servidor Público.

A família Alves de Oliveira faz história no Jardim Ipê, em São Bernardo. Uma das mais antigas do lugar. Lá o conhecemos, quando da idealização do nosso livro sobre a história dos bairros da cidade. O fotógrafo Nei Melo, que nos acompanhou, gravou o Sr. Abdias cantando o Hino da Paraíba – gravação que guardamos com muito carinho.

Sr. Abdias parte aos 97 anos. Era viúvo de Dona Antonia Maria de Souza. Deixa os filhos Francisco, Rosa, Lourdes, Rosenilda e Lelis, 14 netos e 13 bisnetos. Está sepultado no Jardim da Colina. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;