Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 14 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Mercedes estuda dobrada com Gabriel em Ribeirão Pires


Cynthia Tavares
do Diário do Grande ABC

03/11/2012 | 07:15


Mercedes D'Orto (PV), vereadora mais votada de Ribeirão Pires, convidou Gabriel Roncon (PR), segundo parlamentar que mais angariou sufrágios nas eleições deste ano, para ser seu fiel escudeiro na corrida pela presidência da Câmara. A verde obteve 1.226 votos, enquanto o republicano conquistou 1.163 eleitores.

A dupla aposta na independência registrada na campanha eleitoral para convencer os colegas a confiarem os votos necessários para a eleição. As conversas com os outros parlamentares ainda estão no início, mas a dobradinha é certa.

"Nossas ideias se aproximam. Nossa independência pode ajudar (no diálogo) com os vereadores, pois não devemos nada a ninguém nem temos ligação com empresários, por exemplo. Sou do PV, mas fiz a minha campanha", destacou Mercedes. O discurso de renovação - Mercedes tem 37 anos e Gabriel, 22 - também marca a articulação.

O republicano reafirmou seu posicionamento ao lado da verde, a qual chamou de amiga, e disse que se sentiu honrado com o convite. "Pela maneira como encaminhamos nossa campanha e a afinidade que temos, nós estamos conversando e vamos levar isso ao grupo (do governo)", disse Gabriel.

Mercedes procurou o prefeito eleito da cidade, Saulo Benevides (PMDB), para manifestar o desejo de concorrer ao posto de presidente. "Recebi carta branca dele. Com esse aval, nossa situação já fica mais fácil", avaliou. Contudo, o peemedebista não tem influenciado no processo e adotou a postura de dar sinal verde a todos os postulantes que lhe procuram - foi assim com Edson Savietto, o Banha (PDT), e Jorginho da Autoescola (DEM).

A futura vereadora declarou que o atual chefe do Executivo, Clóvis Volpi (PV), será consultado sobre seus planos, mas que seu foco está nos colegas da Câmara. "O (José Valentim) Seraphim (presidente do PV) está articulando e tem vontade que o partido ocupe a presidência. É importante para o crescimento. Sem falar que nunca tivemos uma mulher no cargo", salientou Mercedes.

O PV e o PR estão empenhados em emplacar a dupla no comando do Legislativo - a conquista seria essencial para fortificar a postura independente do G-7 (grupo de sete vereadores eleitos pela coligação do governo). "Falei com o Nonô (Nardelli, presidente do PR) e ele está animado com a ideia do partido ficar com a vice-presidência", ressaltou Gabriel.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Mercedes estuda dobrada com Gabriel em Ribeirão Pires

Cynthia Tavares
do Diário do Grande ABC

03/11/2012 | 07:15


Mercedes D'Orto (PV), vereadora mais votada de Ribeirão Pires, convidou Gabriel Roncon (PR), segundo parlamentar que mais angariou sufrágios nas eleições deste ano, para ser seu fiel escudeiro na corrida pela presidência da Câmara. A verde obteve 1.226 votos, enquanto o republicano conquistou 1.163 eleitores.

A dupla aposta na independência registrada na campanha eleitoral para convencer os colegas a confiarem os votos necessários para a eleição. As conversas com os outros parlamentares ainda estão no início, mas a dobradinha é certa.

"Nossas ideias se aproximam. Nossa independência pode ajudar (no diálogo) com os vereadores, pois não devemos nada a ninguém nem temos ligação com empresários, por exemplo. Sou do PV, mas fiz a minha campanha", destacou Mercedes. O discurso de renovação - Mercedes tem 37 anos e Gabriel, 22 - também marca a articulação.

O republicano reafirmou seu posicionamento ao lado da verde, a qual chamou de amiga, e disse que se sentiu honrado com o convite. "Pela maneira como encaminhamos nossa campanha e a afinidade que temos, nós estamos conversando e vamos levar isso ao grupo (do governo)", disse Gabriel.

Mercedes procurou o prefeito eleito da cidade, Saulo Benevides (PMDB), para manifestar o desejo de concorrer ao posto de presidente. "Recebi carta branca dele. Com esse aval, nossa situação já fica mais fácil", avaliou. Contudo, o peemedebista não tem influenciado no processo e adotou a postura de dar sinal verde a todos os postulantes que lhe procuram - foi assim com Edson Savietto, o Banha (PDT), e Jorginho da Autoescola (DEM).

A futura vereadora declarou que o atual chefe do Executivo, Clóvis Volpi (PV), será consultado sobre seus planos, mas que seu foco está nos colegas da Câmara. "O (José Valentim) Seraphim (presidente do PV) está articulando e tem vontade que o partido ocupe a presidência. É importante para o crescimento. Sem falar que nunca tivemos uma mulher no cargo", salientou Mercedes.

O PV e o PR estão empenhados em emplacar a dupla no comando do Legislativo - a conquista seria essencial para fortificar a postura independente do G-7 (grupo de sete vereadores eleitos pela coligação do governo). "Falei com o Nonô (Nardelli, presidente do PR) e ele está animado com a ideia do partido ficar com a vice-presidência", ressaltou Gabriel.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;