Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 2 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Brasil confia na
torcida para ir à final

Vipcomm/Divulgação  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Sem Neymar, Felipão aposta na energia positiva transmitida aos jogadores para superar a Alemanha


Anderson Fattori
Enviado a Belo Horizonte

08/07/2014 | 07:00


Noventa minutos – ou 120 se houver prorrogação – que representam muito mais do que manter o sonho de 200 milhões de brasileiros na conquista do hexacampeonato. A vitória do Brasil diante da Alemanha, na semifinal de hoje, às 17h, no Mineirão, em Belo Horizonte, significaria o fim da dependência do talento individual de Neymar e que a força da torcida faz diferença, afinal, os alemães se tornaram favoritos para a partida e só a energia dos torcedores, somada ao poder de reação dos jogadores, podem reverter a situação.

A semifinal da Copa do Mundo não deve ser decidida apenas na qualidade técnica dos atletas e na efetividade dos esquemas táticos impostos pelos treinadores. Quando dois gigantes do futebol se encontram, o algo a mais faz a diferença. Certamente pensando nisso, Felipão tenta tirar proveito da ausência de Neymar para encher os jogadores de brio. “O Neymar fez a parte dele. Agora é conosco: jogadores, treinador e, especialmente, o povo brasileiro que terá papel fundamental”, discursou ontem.

Obviamente, o Brasil perde a referência ofensiva sem Neymar, mas por outro lado ganha outras possibilidades. Todas elas foram treinadas por Felipão ontem na Granja Comary, em Teresópolis, no Rio de Janeiro, antes de a delegação partir rumo a Belo Horizonte. O técnico disse que já escolheu os titulares, mas guardou segredo.

A dúvida parece estar em duas formações. Na mais provável, Felipão optaria pela entrada de Dante na vaga de Thiago Silva, suspenso, e Henrique, na de Neymar, atuando com três zagueiros. Assim, Daniel Alves voltaria a ocupar a lateral-direita com Maicon entre os reservas. A expectativa é dar mais consistência defensiva e atacar pelas beiradas do campo.

Outra opção bastante treinada seria a escalação de Ramires ou Paulinho no meio, ao lado de Fernandinho e Luiz Gustavo, que volta de suspensão. Tem ainda a possibilidade da entrada simples de Willian ou Bernard, desta forma mantendo o esquema 4-3-3.

Independentemente dos jogadores e da formação que será utilizada tanto por Brasil como por Alemanha, uma coisa é certa: fortes emoções estão reservas para a semifinal de hoje, que irá exigir, e muito, do coração de cada um dos 200 milhões de brasileiros.

Seleção não sabe o que é atuar sem ter Neymar em campo há dois anos

A Seleção Brasileira, que tem compromisso marcado hoje contra a Alemanha, será diferente da que o torcedor está acostumado a ver jogar. Nos últimos dois anos, ou 39 partidas, o Brasil não sabe o que é iniciar uma confronto sem que Neymar esteja em campo. Felipão também não sabe, afinal, nos 27 jogos desde que reassumiu o comando da equipe, ele escalou o craque do Barcelona para todos.

Os números mostram a importância de Neymar para o time. O atacante participou de 56,5% dos gols marcados pela Seleção desde fevereiro de 2013, quando Felipão voltou a dirigir a equipe. Foram 18 bolas na rede, 13 assistências e oito participações diretas nos 69 tentos anotados. Com ele em campo, o Brasil soma 77,8% de aproveitamento, com 19 vitórias, seis empates e apenas duas derrotas (diante de Inglaterra e Suíça).

Hoje, contra os alemães, a expectativa é saber como o time irá reagir sem a presença de seu principal jogador. “Vamos dar um pouco a mais de cada um de nós para superar a ausência do Neymar. Não será fácil, ficamos tristes com a situação, mas temos de pensar em quem está aqui agora. Para nós está superada a ausência de Neymar nesta semifinal”, garantiu Felipão. “Tenho certeza de que o grupo está focado e motivado para conseguir mais uma vitória”, acrescentou.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;