Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Nota paulista pode abater IPVA até dia 31


Soraia Abreu Pedrozo
Do Diário do Grande ABC

22/10/2012 | 07:21


Os consumidores cadastrados no programa do governo estadual Nota Fiscal Paulista têm a opção de destinar os créditos gerados ao pagamento do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores). A opção pelo repasse - total ou parcial dos valores - pode ser efetuada até o dia 31. Basta entrar no site (www.nfp.fazenda.sp.gov.br) e clicar em utilizar créditos. O veículo deve estar no nome do usuário cadastrado no programa para que a opção seja válida.

Segundo o coordenador do programa, Valdir Saviolli, se o valor dos créditos e prêmios de sorteios for superior ao custo do tributo, o que sobrar volta automaticamente ao sistema da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo, onde permanece por mais cinco anos. A lista dos valores do imposto para 2013 deve ser divulgada em novembro.

Quem não quiser abater no IPVA, porém, pode baixar o montante para conta corrente ou poupança. Em até 10 dias o consumidor terá o valor creditado.

O programa, criado com o intuito de tornar o cidadão espécie de agente fiscal do governo estadual, entrou em vigor em outubro de 2007. Ao colocar o CPF no cupom fiscal a cada compra, o consumidor consegue receber de volta até 30% do ICMS recolhido pelo estabelecimento comercial. São feitas duas liberações por ano, em abril e outubro, referentes às notas emitidas no 2º e 1º semestre, respectivamente.

Os setores que, em geral, mais devolvem créditos são: vestuário, calçados, ótica, papelaria, moveleiro e alimentação fora de casa. O montante, porém, varia de acordo com três fatores: 1) O tipo de produto adquirido - alguns itens, como combustível e compras efetuadas em supermercados, estão sujeitos à substituição tributária, ou seja, pagam o imposto na fabricação, e não no consumo; 2) O valor gasto; 3) A quantidade de pessoas que pediram a nota paulista no estabelecimento, afinal, quanto mais gente pedir, maior será a divisão do montante que retorna do ICMS.

REGIÃO - O consumidor do Grande ABC conseguiu receber de volta, em outubro, o equivalente a R$ 103,1 milhões a mais em créditos e prêmios do que no mesmo mês no ano passado, alta de 40%. Desde o início do programa já foram entregues R$ 363,7 milhões, sendo R$ 317,3 milhões em créditos e R$ 46,04 milhões em prêmios - os sorteios são automáticos; a casa R$ 100 em cupons com CPF (não precisam ser se uma só vez) é gerado um bilhete.

Quanto ao número de CPFs cadastrados houve aumento de 104,1 mil (13,5% a mais) em comparação a outubro do ano passado. Ao todo, existem 873,5 mil documentos oriundos da região cadastrados no programa. "O Grande ABC é uma região extremamente importante e vem mantendo crescimento na adesão ao programa coerente à média do Estado", afirma Saviolli.

 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;