Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 21 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

'Balacobaco' investe no
humor com armações

Comédia e a tragédia vão andar lado a lado na nova
novela da Record, que estreia nesta quinta, às 22h30



04/10/2012 | 10:40


A comédia e a tragédia vão andar lado a lado em "Balacobaco", nova novela da Record, que estreia nesta quinta-feira, às 22h30. Na trama de Gisele Joras (de "Bela, a Feia"), cenas engraçadas intercalarão mortes, golpes e planos de vingança. "Meu trabalho sempre teve um toque de humor, acho importante para equilibrar o melodrama mais intenso", analisa a autora.

 

A trama gira em torno da mocinha Isabel (Juliana Silveira), que, no momento em que se considera mais realizada financeira e afetivamente, entra numa maré de azar. "O começo dela é como se fosse um final feliz. Ela está casada com o namorado da adolescência e descobre que o príncipe não era o que pensava", adianta a atriz.

 

Ao saber que está grávida, a protagonista descobre que o companheiro, Danilo (Roger Gobeth), está cheio de dívidas, por ser viciado em jogos, e precisa vender o apartamento onde eles vivem para pagar as contas. Quando percebe que ele está sendo ameaçado por bandidos, ela perde o bebê. Ex-namorada do ator na vida real, Juliana diz que contracenar com ele não é problema. "É tranquilo. O relacionamento terminou numa boa", minimiza a loira.

 

A desgraça da personagem persiste depois da falência. Sua irmã, Teresa (Juliana Baroni), morre em um acidente de lancha e deixa a filha adolescente Taís (Letícia Medina), para Isabel cuidar, enquanto ela tenta reerguer seu escritório de arquitetura.

 

Anos antes, Isabel teve o carro roubado pelas gêmeas bivitelinas Dóris (Roberta Gualda) e Diva (Bárbara Borges). Após um acidente no veículo, as duas ficaram marcadas com cicatrizes e foram levadas a uma casa de detenção para menores, o que deixou a dupla com sede de vingança.

 

Enquanto planejam ficar cara a cara com Isabel, as atrapalhadas irmãs vivem de trambiques, que aprenderam com a mãe, Cremilda (Solange Couto), responsável pelas cenas de humor da novela. Diva incentiva o namorado, Norberto (Bruno Ferrari), a arrancar a fortuna do próprio pai com mentiras. Já Dóris é a musa dos filmes de Zé Maria (Silvio Guindane), um estudante de cinema que banca suas produções e a faculdade com o dinheiro que consegue nos golpes que dá em parceria com a sogra.

 

Cenário e figurino da trama, ambientada no Catete, bairro menos abastado na zona sul do Rio, têm cores vibrantes. "Queria uma narrativa que privilegiasse essa tropicalidade que o Brasil tem. Busquei dar leveza. É uma novela que expressa essa classe emergente", explica o diretor-geral Edson Spinello, que não quer fazer uma novela cabeça. "Se for um texto intelectual demais, as pessoas rejeitam." As informações são do Jornal da Tarde.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

'Balacobaco' investe no
humor com armações

Comédia e a tragédia vão andar lado a lado na nova
novela da Record, que estreia nesta quinta, às 22h30


04/10/2012 | 10:40


A comédia e a tragédia vão andar lado a lado em "Balacobaco", nova novela da Record, que estreia nesta quinta-feira, às 22h30. Na trama de Gisele Joras (de "Bela, a Feia"), cenas engraçadas intercalarão mortes, golpes e planos de vingança. "Meu trabalho sempre teve um toque de humor, acho importante para equilibrar o melodrama mais intenso", analisa a autora.

 

A trama gira em torno da mocinha Isabel (Juliana Silveira), que, no momento em que se considera mais realizada financeira e afetivamente, entra numa maré de azar. "O começo dela é como se fosse um final feliz. Ela está casada com o namorado da adolescência e descobre que o príncipe não era o que pensava", adianta a atriz.

 

Ao saber que está grávida, a protagonista descobre que o companheiro, Danilo (Roger Gobeth), está cheio de dívidas, por ser viciado em jogos, e precisa vender o apartamento onde eles vivem para pagar as contas. Quando percebe que ele está sendo ameaçado por bandidos, ela perde o bebê. Ex-namorada do ator na vida real, Juliana diz que contracenar com ele não é problema. "É tranquilo. O relacionamento terminou numa boa", minimiza a loira.

 

A desgraça da personagem persiste depois da falência. Sua irmã, Teresa (Juliana Baroni), morre em um acidente de lancha e deixa a filha adolescente Taís (Letícia Medina), para Isabel cuidar, enquanto ela tenta reerguer seu escritório de arquitetura.

 

Anos antes, Isabel teve o carro roubado pelas gêmeas bivitelinas Dóris (Roberta Gualda) e Diva (Bárbara Borges). Após um acidente no veículo, as duas ficaram marcadas com cicatrizes e foram levadas a uma casa de detenção para menores, o que deixou a dupla com sede de vingança.

 

Enquanto planejam ficar cara a cara com Isabel, as atrapalhadas irmãs vivem de trambiques, que aprenderam com a mãe, Cremilda (Solange Couto), responsável pelas cenas de humor da novela. Diva incentiva o namorado, Norberto (Bruno Ferrari), a arrancar a fortuna do próprio pai com mentiras. Já Dóris é a musa dos filmes de Zé Maria (Silvio Guindane), um estudante de cinema que banca suas produções e a faculdade com o dinheiro que consegue nos golpes que dá em parceria com a sogra.

 

Cenário e figurino da trama, ambientada no Catete, bairro menos abastado na zona sul do Rio, têm cores vibrantes. "Queria uma narrativa que privilegiasse essa tropicalidade que o Brasil tem. Busquei dar leveza. É uma novela que expressa essa classe emergente", explica o diretor-geral Edson Spinello, que não quer fazer uma novela cabeça. "Se for um texto intelectual demais, as pessoas rejeitam." As informações são do Jornal da Tarde.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;