Fechar
Publicidade

Domingo, 20 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Luiz Marinho amplia liderança

Petista vê vantagem crescer em relação a Alex Manente
e, se eleições fossem hoje, venceria já no primeiro turno


Evaldo Novelini
Do Diário do Grande ABC

27/09/2012 | 12:00


O prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho (PT), ampliou a vantagem sobre o segundo colocado na corrida rumo ao Paço, deputado estadual Alex Manente (PPS), na terceira rodada da pesquisa realizada pelo Diário. Na consulta estimulada, o petista tem 56,9% das intenções de voto e, se o pleito fosse hoje, estaria reeleito sem necessidade de segundo turno.

Em relação ao último resultado, cujos dados foram colhidos em agosto, Marinho cresceu 3,1 pontos percentuais, de 53,4% a 56,9%. Alex oscilou positivamente 0,3 ponto, de 22,7% para 23%. Computando apenas os votos válidos, o petista aparece com 68,9% das intenções enquanto o popular-socialista tem 27,8%. Para vencer no primeiro turno, é preciso ter 50% dos sufrágios mais um.

Na terceira colocação da consulta estimulada, na qual o entrevistado responde em quem vai votar após receber um disco com o nome dos concorrentes, aparece o ex-secretário municipal Ademir Silvestre (PSC), com 1,4%. Aldo Santos (Psol) e Lígia Gomes (PSTU) têm menos de 1%. A margem de erro da pesquisa é de três pontos percentuais.

Se fosse hoje o primeiro turno do pleito, marcado para o dia 7, 13,1% dos eleitores consultados anulariam o voto ou digitariam a tecla do branco. Outros 4,3% dizem não saber em quem votar - o percentual era 10,4% no levantamento publicado em 26 de agosto.

ESPONTÂNEA - Marinho também lidera a pesquisa espontânea, à qual o entrevistado responde o nome que lhe vem à cabeça ao ser questionado em quem vai votar para prefeito, com 46,4%. Alex Manente segue em segundo, com 16,8%.

Na sequência, aparecem Ademir Silvestre (0,9%), Aldo Santos (0,3%) e Lígia Gomes (0,1%). O levantamento espontâneo também mostra que 10,7% pretendem votar em branco ou anular e 24,6% dizem não saber quem escolher.

REJEIÇÃO - Alex Manente continua sendo o candidato mais rejeitado pelo eleitorado são-bernardense. Questionados sobre em qual prefeiturável não votariam de jeito nenhum, 17,1% apontaram o nome do deputado estadual. Marinho é recusado por 16,1%.

Tanto Alex quanto Marinho viram suas rejeições crescerem em relação à última pesquisa. O popular-socialista tinha 16,9% e o petista, 14,6%. Na sequência aparecem Aldo Santos (6,1%), Ademir Silvestre (6%) e Lígia Gomes (5,3%).

O levantamento do Diário ouviu 1.070 eleitores de São Bernardo, a partir de 16 anos, no dia 20. O resultado já capta o desempenho dos prefeituráveis no debate promovido pelo jornal na terça-feira da semana passada. A pesquisa está registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número SP-01171/2012.

Mais da metade aprovam governo petista

A administração do prefeito Luiz Marinho (PT) em São Bernardo é aprovada por mais da metade dos moradores. Segundo resultado da pesquisa do Diário, 56,7% dos são-bernardenses avaliam positivamente o governo petista, iniciado em janeiro de 2009.

Consultados no dia 20, 13,9% dos 1.070 habitantes de São Bernardo ouvidos na pesquisa realizada pelo jornal disseram que consideravam o governo Marinho ótimo. Outros 42,8% avaliaram a gestão do petista como boa. A margem de erro do levantamento é de três pontos percentuais.

São 27,1% os moradores de São Bernardo que julgam como regular a administração de Luiz Marinho, que disputa a reeleição. Entre essa parcela de eleitores, 11,1% classificam o regular como mais para bom, 9,1% nem para bom nem para ruim e 6,9% mais para ruim.

O governo petista é desaprovado por 15,1% dos são-bernardenses. Classificam a administração como ruim 6,8% dos entrevistados, assim como 8,3% apontam-na como péssima. Não soube responder à questão 1,1% dos moradores consultados.

VOTOS - Chama atenção na pesquisa o fato de 2,7% dos eleitores que classificam o governo de Marinho como ótimo declararem que vão votar no oposicionista Alex Manente (PPS) na eleição de outubro. Entre os que classificam a atual administração como boa, o percentual sobe para 14%.

Marinho garante o voto de 97,3% dos eleitores que consideram seu governo ótimo, 75,3% dos que o classificam como bom, 36,9% dos regulares, 6,8% dos ruins e 3,4% dos péssimos.

O apoio de quem desaprova o atual governo de São Bernardo migra, em sua maioria, para Alex Manente. O popular-socialista recebe 53,4% dos votos dos eleitores que classificam o mandato petista como ruim e 53,9% daqueles que têm Marinho como péssimo administrador.

A primeira gestão de Marinho desiludiu eleitores. Votos nulos ou brancos são opção para 6,3% dos que consideram o atual governo bom; 19,3% dos que o acham regular; 30,1%, ruim; e 32,6%, péssimo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Luiz Marinho amplia liderança

Petista vê vantagem crescer em relação a Alex Manente
e, se eleições fossem hoje, venceria já no primeiro turno

Evaldo Novelini
Do Diário do Grande ABC

27/09/2012 | 12:00


O prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho (PT), ampliou a vantagem sobre o segundo colocado na corrida rumo ao Paço, deputado estadual Alex Manente (PPS), na terceira rodada da pesquisa realizada pelo Diário. Na consulta estimulada, o petista tem 56,9% das intenções de voto e, se o pleito fosse hoje, estaria reeleito sem necessidade de segundo turno.

Em relação ao último resultado, cujos dados foram colhidos em agosto, Marinho cresceu 3,1 pontos percentuais, de 53,4% a 56,9%. Alex oscilou positivamente 0,3 ponto, de 22,7% para 23%. Computando apenas os votos válidos, o petista aparece com 68,9% das intenções enquanto o popular-socialista tem 27,8%. Para vencer no primeiro turno, é preciso ter 50% dos sufrágios mais um.

Na terceira colocação da consulta estimulada, na qual o entrevistado responde em quem vai votar após receber um disco com o nome dos concorrentes, aparece o ex-secretário municipal Ademir Silvestre (PSC), com 1,4%. Aldo Santos (Psol) e Lígia Gomes (PSTU) têm menos de 1%. A margem de erro da pesquisa é de três pontos percentuais.

Se fosse hoje o primeiro turno do pleito, marcado para o dia 7, 13,1% dos eleitores consultados anulariam o voto ou digitariam a tecla do branco. Outros 4,3% dizem não saber em quem votar - o percentual era 10,4% no levantamento publicado em 26 de agosto.

ESPONTÂNEA - Marinho também lidera a pesquisa espontânea, à qual o entrevistado responde o nome que lhe vem à cabeça ao ser questionado em quem vai votar para prefeito, com 46,4%. Alex Manente segue em segundo, com 16,8%.

Na sequência, aparecem Ademir Silvestre (0,9%), Aldo Santos (0,3%) e Lígia Gomes (0,1%). O levantamento espontâneo também mostra que 10,7% pretendem votar em branco ou anular e 24,6% dizem não saber quem escolher.

REJEIÇÃO - Alex Manente continua sendo o candidato mais rejeitado pelo eleitorado são-bernardense. Questionados sobre em qual prefeiturável não votariam de jeito nenhum, 17,1% apontaram o nome do deputado estadual. Marinho é recusado por 16,1%.

Tanto Alex quanto Marinho viram suas rejeições crescerem em relação à última pesquisa. O popular-socialista tinha 16,9% e o petista, 14,6%. Na sequência aparecem Aldo Santos (6,1%), Ademir Silvestre (6%) e Lígia Gomes (5,3%).

O levantamento do Diário ouviu 1.070 eleitores de São Bernardo, a partir de 16 anos, no dia 20. O resultado já capta o desempenho dos prefeituráveis no debate promovido pelo jornal na terça-feira da semana passada. A pesquisa está registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número SP-01171/2012.

Mais da metade aprovam governo petista

A administração do prefeito Luiz Marinho (PT) em São Bernardo é aprovada por mais da metade dos moradores. Segundo resultado da pesquisa do Diário, 56,7% dos são-bernardenses avaliam positivamente o governo petista, iniciado em janeiro de 2009.

Consultados no dia 20, 13,9% dos 1.070 habitantes de São Bernardo ouvidos na pesquisa realizada pelo jornal disseram que consideravam o governo Marinho ótimo. Outros 42,8% avaliaram a gestão do petista como boa. A margem de erro do levantamento é de três pontos percentuais.

São 27,1% os moradores de São Bernardo que julgam como regular a administração de Luiz Marinho, que disputa a reeleição. Entre essa parcela de eleitores, 11,1% classificam o regular como mais para bom, 9,1% nem para bom nem para ruim e 6,9% mais para ruim.

O governo petista é desaprovado por 15,1% dos são-bernardenses. Classificam a administração como ruim 6,8% dos entrevistados, assim como 8,3% apontam-na como péssima. Não soube responder à questão 1,1% dos moradores consultados.

VOTOS - Chama atenção na pesquisa o fato de 2,7% dos eleitores que classificam o governo de Marinho como ótimo declararem que vão votar no oposicionista Alex Manente (PPS) na eleição de outubro. Entre os que classificam a atual administração como boa, o percentual sobe para 14%.

Marinho garante o voto de 97,3% dos eleitores que consideram seu governo ótimo, 75,3% dos que o classificam como bom, 36,9% dos regulares, 6,8% dos ruins e 3,4% dos péssimos.

O apoio de quem desaprova o atual governo de São Bernardo migra, em sua maioria, para Alex Manente. O popular-socialista recebe 53,4% dos votos dos eleitores que classificam o mandato petista como ruim e 53,9% daqueles que têm Marinho como péssimo administrador.

A primeira gestão de Marinho desiludiu eleitores. Votos nulos ou brancos são opção para 6,3% dos que consideram o atual governo bom; 19,3% dos que o acham regular; 30,1%, ruim; e 32,6%, péssimo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;