Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 7 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

PSB de Diadema chega à eleição dividido

Consenso na eleição do diretório local não diminuiu atrito interno entre Vaguinho e Frank Miller


Rogério Santos
Do Diário do Grande ABC

30/06/2014 | 07:00


As rusgas internas no PSB de Diadema tumultuam o ambiente do partido às vésperas da disputa eleitoral, que começa no domingo. A divisão ocorre entre os dois candidatos a deputado pelo partido e seus respectivos grupos políticos.

De um lado está o vereador e postulante a deputado federal Vaguinho do Conselho. Do outro, aparece o suplente de parlamentar Frank Miller, que pleiteará assento na Assembleia Legislativa.

Vaguinho pertence ao grupo político do companheiro de bancada na Câmara e vice-presidente do diretório socialista local, Célio Boi. Já Frank Miller é aliado do mandatário da legenda e secretário de Segurança Alimentar no governo Lauro Michels (PV), Manoel José da Silva, o Adelson.

Apesar do discurso de unidade pregado por integrantes da cúpula socialista, a divisão pode até mesmo mudar a composição para o pleito, definida durante a convenção estadual do PSB, na semana passada.

No começo do ano, Vaguinho idealizava disputar assento no Parlamento paulista, em possível dobrada com o empresário Jadir Riato, afilhado político de Célio Boi – Jadir vislumbrava disputar vaga em Brasília.

Mas o empresário abriu mão da candidatura e Vaguinho se cacifou para ser postulante a cadeira no Congresso Nacional, sob a justificativa de que poderia colaborar no Grande ABC com a candidatura a presidente do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB).

Nos últimos dias, reuniões têm agitado os ânimos no diretório socialista diademense. O objetivo é evitar que o clima tenso resulte em fracasso nas urnas para o partido.

Com 6.043 votos conquistados na eleição de 2012, Vaguinho vai disputar voto com o ex-prefeito Mário Reali (PT), derrotado na disputa pela reeleição por Lauro Michels. Outro adversário é o ex-secretário de Obras Márcio da Farmácia (PV), que registrou 4.996 adesões para vereador no pleito de dois anos atrás.

Frank Miller teve 1.477 sufrágios na eleição municipal e terá como principais concorrentes o deputado estadual Orlando Morando (PSDB) e a ex-parlamentar Regina Gonçalves (PV), ambos apoiados por Lauro.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;