Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Fisher, do BC dos EUA, quer fim de estímulo em outubro



09/06/2014 | 00:32


O presidente da distrital de Dallas do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos), Richard Fisher, disse em entrevista ao jornal japonês Nikkei que irá propor o fim do programa de alívio quantitativo em outubro.

Fisher também reforçou que o momento para a elevação dos juros dependerá das condições econômicas, mais especificamente do mercado de trabalho e das pressões positivas sobre os preços.

Nas últimas reuniões, a autoridade monetária dos EUA tem reduzido as compras mensais de ativos em US$ 10 bilhões. Se o Fed mantiver esse ritmo em cada reunião de política monetária, em outubro restarão US$ 15 bilhões do programa. Para ele, não faz sentido continuar com o ritmo de cortes de US$ 10 bilhões até o fim do programa, mantendo apenas US$ 5 bilhões em estímulos antes da reunião de dezembro. Fonte: Dow Jones Newswires.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;