Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Cruzeiro precisa vencer no Chile para seguir vivo



03/04/2014 | 07:00


O Cruzeiro precisa de duas vitórias nas últimas duas partidas da fase de grupos para seguir na briga por uma vaga nas oitavas de final da Libertadores. O primeiro capítulo desta saga promete ser o mais complicado. Nesta quinta-feira, a equipe mineira duela com a Universidad de Chile, em Santiago. E um empate já provoca a eliminação cruzeirense.

Uma vitória, no entanto, deixa o Cruzeiro vivo na briga. A equipe chegaria aos sete pontos Grupo 5, contra 10 do líder Defensor e nove da segunda colocada Universidad de Chile, que se enfrentam na última rodada. Mas o time mineiro ainda precisaria de ganhar outra vez, desta vez do lanterna Real Garcilaso, em casa, e torcer para que a Universidad de Chile não vença o Defensor para não depender do saldo de gols para se classificar.

Apesar da situação extremamente difícil, os jogadores cruzeirenses chegaram animados a Santiago, confiando na vitória. E a equipe terá mudanças em relação à que empatou com o Defensor na rodada anterior. O volante Nilton, suspenso, deve dar lugar a Henrique. E o lateral-esquerdo Samudio ganhou a vaga de Egídio. No setor ofensivo, Willian briga por vaga com Everton Ribeiro e Dagoberto, ambos recuperados de problemas físicos, além de Ricardo Goulart, também à disposição.

Os cruzeirenses confiam no retrospecto diante do adversário. De acordo com o técnico Marcelo Oliveira, a equipe teve sua "melhor atuação no ano" justamente no primeiro confronto deste ano diante da Universidad do Chile, quando goleou por 5 a 1 no Mineirão, com show de Ricardo Goulart, autor de três gols.

Pelo lado chileno, há mais tranquilidade, já que um empate garante a vaga às oitavas de final. A equipe também tem desfalque e não poderá contar com o atacante Isaac Díaz. Suspenso, ele deverá dar lugar a Rodrigo Mora.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;